19 de setembro de 2021
Campo Grande 38º 25º

INVESTIGAÇÃO | INTERIOR

Professora morre 27 dias após ser baleada e abandonada na porta do hospital

Morre a vítima deixada em frente ao Hospital da Cassems em Dourados no dia 23 de fevereiro

A- A+

A professora e ex-candidata a vereadora de Dourados, Anderci da Silva, de 44 anos, que estava internada no Hospital da Cassems há quase um mês, após ser deixada em frente a unidade com ferimento provocado por um tiro na lombar, morreu na noite deste domingo (21.mar.21).  

Levada e deixada na entrada do hospital numa caminhonete por uma pessoa que é o único suspeito até o momento, a concursada deu entrada no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do hospital e seu quadro clínico era gravíssimo em 23 de fevereiro.  

Neste domingo (21.mar), a professora teve uma piora infecciosa, febre persistente e baixa pressão arterial. O óbito foi atestado por volta das 19h30.

O QUE SE SABE 

A investigação segue sob sigilo na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) e ainda não há confirmação de prisões. 

No dia 27 de fevereiro, segundo o registro, a enteada da vítima teria ido ao hospital em Dourados assinar os documentos e realizar os procedimentos necessários para que Anderci tivesse alta.

Informações não oficiais apontam que a professora teria um relacionamento na Capital, de acordo com depoimento de uma filha da vítima à Polícia Civil, ela estaria supostamente morando com essa pessoa com quem se relacionava em Campo Grande. A família não aprovava o relacionamento, pois, o 'namorado' seria usuário de drogas.  

O carro da professora, um Voyage prata, ainda não foi localizado.  

CARREIRA 

Formada em Artes Cênicas na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems), ela era vice-presidente regional da Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (FETEMS).  

Anderci foi secretária-adjunta do Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação (Simted) de Dourados.  

Nas últimas eleições, Anderci concorreu ao cargo de vereadora pelo Partido dos Trabalhadores em Dourados, mas não venceu o pleito.