28 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 22º

ACIDENTE | INTERIOR

Sem frear, Wesley bateu caminhão em árvore e morreu carbonizado; 3 sobrevieram

Colisão matou paulista, por volta das 4h desta madrugada

A- A+

O paulista Wesley Tavares de Oliveira, de 35 anos, morreu carbonizado preso às ferragens ao bater o caminhão Mercedes Benz Atego em uma árvore às margens da MS -295, próximo do município sul-mato-grossense de Tacuru. A colisão ocorreu na madrugada deste sábado (20.fev). Crispim Dantas da Silva, de 42 anos, Kleber Medeiros, de 40 anos e Sergio Henrique Araújo Vieira, de 22 anos, sobreviveram ao acidente. 

Segundo o boletim de ocorrência, a colisão ocorreu por volta das 4h da madrugada. 

Os três sobreviventes estavam no caminhão conduzido por Wesley. Eles foram resgatados por uma equipe de Pronto Atendimento Médico (PAM) e levados ao hospital São Judas Tadeu, no Centro de Iguatemi, onde encontram-se sobre observação médica. 

Já o corpo de Wesley foi levado hoje, ao município de Rosana, no interior de São Paulo, onde será sepultado.  

O acidente causou muita curiosidade de moradores da região, que ficaram à beira da rodovia observando a movimentação das equipes da polícia e dos bombeiros. Segundo apurado pela investigação no local, a pista estava seca no momento do acidente e não havia marcas de frenagens na pista, objetos ou demais obstáculos, não havendo informações sobre a provável causa do acidente.

A Perícia Oficial Técnica foi chamada e deve investigar as circunstâncias da batida. O veículo queimado tinha placas de Teresina, no Piauí, mas a polícia civil não informou se a vítima era moradora do estado.

O caso foi registrado com homicídio culposo na direção de veículo automotor e lesão corporal culposa na direção de veículo automotor, na Delegacia de Polícia de Iguatemi (DP).