30 de novembro de 2021
Campo Grande 31º 22º

Sem nova proposta de reajuste salarial, Policiais Rodoviários Federais de MS entram em greve

A- A+

Policiais Rodoviários Federais de MS rejeitam proposta do Ministério do Planejamento e decidem pela greve

Policiais Rodoviários Federais de Mato Grosso do Sul decidiram, em assembleia geral realizada nesta terça-feira (22), entrar a greve. As ações que serão desenvolvidas ao longo da greve serão definidas nos próximos dias em conjunto com Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais.

A decisão foi motivada pela ausência de nova proposta do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) em relação às reivindicações dos policiais. Nesta segunda-feira (21), o MPOG apresentou mesma proposta feita no início da Campanha Salarial. A proposta prevê pagamento do reajuste salarial de 27,9% diluído em quatro anos. As parcelas seriam pagas da seguinte forma: 5,5% em agosto de 2016, 6,99% em janeiro de 2017, 6,65% em janeiro de 2018 e 6,31% em janeiro de 2019.

Outras solicitações da PRF que não receberam nenhuma proposta de solução são em relação à reestruturação de carreira, melhoria de infraestrutura dos postos de fiscalização, convocação de concurso para aumentar efetivo, regulamentação das escalas de serviço para evitar que policiais cumpram plantões sozinhos, adicional noturno, entre outros.

*Matéria editada às 10h25 para correção de informações.