22 de abril de 2021
Campo Grande 29º 18º

Homicídio

Suspeita de matar manicure está presa em delegacia da Capital

A- A+

Gabriela Antunes Santos, de 22 anos, se apresentou nesta segunda-feira (16) na 2ª Delegacia de Polícia Civil, em Campo Grande. Ela é a principal suspeita de envolvimento na morte da manicure Jennifer Nayara, caso que aconteceu em janeiro deste ano. Como estava com o mandado de prisão por homicídio qualificado em aberto, a suspeita permaneceu presa.

Conforme informações da polícia, Gabriela foi até à delegacia acompanhada do advogado e prestou depoimento sobre o caso no início da noite desta segunda. Outros detalhes serão divulgados em coletiva de imprensa que deve acontecer ainda esta semana. 

Também estão envolvidas no crime Emilly Karolainy, 19 anos, presa no início das investigações e uma adolescente. Segundo a polícia, a Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude (Deaij) deve decidir se a jovem será indiciado por participação no crime. 

Caso

O corpo de Jennifer foi encontrado no dia 16 de janeiro deste ano.  A esteticista estava desaparecida desde o dia 15, quando saiu ,conforme informações da família, para resolver um desentendimento.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, a jovem teria ido ao bairro Vida Nova numa sexta-feira para fazer as unhas com a mãe de uma amiga. Conforme informações, Jeniffer recebeu uma ligação de uma pessoa chamada Gabriela dos Santos, que minutos depois foi buscá-la em um veículo Sonic, de cor branca, placa de São Paulo.

A polícia encontrou  ao lado do corpo da jovem um chinelo de pérolas e um bilhete. O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento (Depac) Centro, como homicídio.