08 de maio de 2021
Campo Grande 26º 13º

HOMICÍDIO | ASSENTAMENTO SÃO PEDRO

Suspeito de matar João vai até a delegacia, entrega arma do crime e fica 'livre'

Autor argumentou que imaginou que seria alvejado, por isso, efetuou o disparo

A- A+

O dono do lote 130 no Assentamento São Pedro em Sidrolândia, Valdir Mendes dos Santos, de 59 anos, suspeito matar a tiros no dia (4. abril) e depois sumir com o corpo do jovem João Paulo Ferreira Braga, de 22 anos, se apresentou hoje (12. abril) à Polícia Civil. O autor foi com o advogado ao departamento de polícia e alegou "legítima defesa” e entregou a arma do crime.  

De acordo com a polícia, o suspeito disse que estava em sua propriedade no dia do crime e teria solicitado que a vítima saísse do interior do lote, e que eles discutiram. No momento em que, segundo o autor, o jovem "levou a mão à cintura", no contexto, o autor argumentou que imaginou que seria alvejado e efetuou o disparo. "No momento, não há ordem de prisão preventiva. O autor foi ouvido e em seguida liberado, tendo em vista não haver mais flagrante", disse.

O delegado responsável pelo caso, Diego Dantas Santos, não estava na DP, por isso os investigadores explicaram que não saberiam dizer se o homem falou sobre ‘ter sumido’ como o corpo do jovem

Segundo boletim de ocorrência, o autor levou o corpo de João em uma camionete e deixou em um canavial nos arredores da região do "Touro Preto", onde foi encontrado pelo pai e irmãos, dois dias após o crime.