04 de maro de 2021
Campo Grande 32º 22º

Ciúmes

Suspeito de matar jovem obrigou esposa a marcar encontro

A polícia prendeu o casal Iris Adriana Barbosa da Silva, 22 anos e Kielvnn de Moraes, 24 anos, suspeitos do assassinato de Thais Giedry Borges dos Santos, 22, ocorrido na noite deste domingo (31), na Praça do Rádio Clube, em Campo Grande. De acordo com informações, ambos foram encontrados em Ribas do Rio Pardo, na tarde desta segunda-feira (1º).

Segundo o delegado Bruno Urban, que comanda a investigação junto com o delegado Miguel Said, o motivo do crime teria sido ciúmes do marido de Iris. Conforme a polícia, Iris Adriana estaria tendo um caso com Thais, na Capital. A prisão de Iris e Kielvnn ocorreu por meio do Setor de Investigações do Departamento de Polícia de Campo Grande.

De acordo com as investigações, Iris trabalhou como garota de programa, em Rio Brilhante, onde conheceu Kielvnn com quem casou e deixou e teve uma filha, de nove meses. Segundo investigação da polícia, mesmo casada, Iris mantinha caso Thais na Capital. Conforme informações, o marido de Iris descobriu as mensagens enviadas a Thais e começou a ameaçar Iris. Conforme depoimento à polícia, Iris confessou que foi obrigada a forjar um encontro com Thais na Praça do Rádio Clube.

Segundo informações, o casal viajou para Campo Grande com a criança. Chegando na praça, Iris ligou para Thais e disse que estava com a filha de nove meses, afilhada de Thais. Iris contou que a menina estava doente. Enquanto as duas conversavam em um banco,  Kielvnn, marido de Iris, chegou por trás, e  degolou Thais, segundo a polícia. De acordo com a polícia, depois do assassinato,  os dois retornaram para Ribas com a filha, onde chegaram por volta das duas da manhã. Conforme a polícia, Kielvnn  escondeu a faca em um barraco.