03 de maro de 2021
São Paulo 39º 24º

Magia Negra

Tios dizem que 'estavam possuídos' quando sobrinho de 4 anos foi espancado

Os tios do menino de 4 anos que está internado na Santa Casa depois de ser espancado (leia aqui)  alegam que estavam 'possuídos'. A informação é da conselheira tutelar Cassandra Szuberski, que atendeu a ocorrência. Segundo a conselheira, este é o primeiro caso com tamanha gravidade registrado este ano na Capital.

Cassandra explica que há uma educadora acompanhando o menino, e que as irmãs da vítima foram encaminhados para um abrigo. De acordo com a conselheira, as irmãs do menino foram ouvidos e negaram a agressão. “As crianças negaram, elas falam que o irmão caiu”, explica.

"Eles disseram que estavam possuídos", diz conselheira

A conselheira esteve na residência do casal para apurar os fatos, e conta que as imagens gravadas foram encontradas, mas nelas não há vestígio que prove o fato. “Nas imagens que os tios aparecem incorporados, como eles disseram, não consta a presença da criança. Os tios alegam que estava possuídos”, explica.

O caso chamou atenção do conselho pela agressividade e por ser cometidas por pessoas próximas à criança. “Ninguém imagina que eles torturavam uma criança desse jeito. Nós fizemos nossa parte, já comunicamos o Mistério Público e a Vara da Infância. Agora é com a Justiça”, diz.

Cassandra explica que os conselheiros fazem visitas rotineiras de fiscalizações em abrigos da Capital.“Nos abrigos as crianças são bem tratadas, o problema é quando elas voltam para a família”, afirma. A criança passou por corpo delito e o laudo do Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol) esclarecerá o fato. 

Investigações

O delegado da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e Adolescente (DPCA), Paulo Sérgio Lauretto, responsável pelo caso explica que o menino já foi ouvido, mas  conforme delegado, devido ao medicamento, ele estava sonolento e com dificuldades para falar. "Porém, a criança conseguiu caracterizar com clareza para nossa psicóloga que houve agressão. O próprio depoimento dessas pessoas demonstra que ela vinha sendo torturada já há algum tempo”.

Na casa onde a vítima morava foram apreendidos aparelho de celular, brinquedos e objetos que irão ajudar a polícia a desvendar o caso. “Não conseguimos encontrar os vídeos no celular. Mas mesmo que essas mensagens sejam removidas será possível recuperar por meio da perícia”, explica Lauretto.

Segundo Lauretto, na residência eram feitoss rituais de magia negra. Os suspeitos ingeriam bebidas alcoólicas e fumavam charuto durante as ‘sessões’.  A criança era usada e torturada pelos tios. O menino possui lesões graves no corpo causadas por queimaduras, socos e pancadas.

Os tios suspeitos foram presos em flagrante e foram ouvidos. Conforme o delegado, a tia disse em depoimento que agia por ordem de uma entidade e fazia tudo que ela mandava. A terceira pessoa acusada de participação no caso está foragida, o suspeito seria outro tio do menino, um rapaz de 18 anos.

De acordo com Lauretto, a mãe do menino mora em Aquidauana e não tinha condições de cuidar do filho, pois estava em situação de rua. A primeira a ter a guarda da criança foi a avó que acabou entregando o menino para um para o abrigo. Os tios obtiveram a guarda em maio de 2015.

A polícia aguarda prisão da terceira pessoa envolvida no caso para conclusão do inquérito policial. As investigações continuam e o prazo para encerramento dos trabalhos é de dez dias. “A irmã da vítima será ouvida nesta tarde. Após a conclusão da investigação, o inquérito é encaminhado para poder judiciário”, finaliza o delegado.

 

 

Polícia reforça segurança no Capitólio após aviso de extremistas de direita
INTERNACIONAL
há 2 horas

Polícia reforça segurança no Capitólio após aviso de extremistas de direita

Coleira antipulgas pode ter provocado a morte de 1.700 animais nos EUA
DENÚNCIA | INTERNACIONAL
há 2 horas

Coleira antipulgas pode ter provocado a morte de 1.700 animais nos EUA

Professora de educação física morre aos 35 anos devido a Covid-19
TRISTEZA
há 2 horas

Professora de educação física morre aos 35 anos devido a Covid-19

Aos 66 anos, Rita Cadillac deseja sonhos cor de rosa em post usando lingerie
FAMOSA
há 2 horas

Aos 66 anos, Rita Cadillac deseja sonhos cor de rosa em post usando lingerie

Enroladas em meias, 15 jiboias vivas são enviadas em pacote pelos Correios
MEIO AMBIENTE
há 3 horas

Enroladas em meias, 15 jiboias vivas são enviadas em pacote pelos Correios

Governo fecha acordo para compra de "todas as vacinas disponíveis" da Pfizer e Janssen
CORONAVÍRUS
há 3 horas

Governo fecha acordo para compra de "todas as vacinas disponíveis" da Pfizer e Janssen