22 de junho de 2021
Campo Grande 28º 16º

1º Encontro de Performance começa no dia 12 de novembro

A- A+

Para difundir e compartilhar a linguagem da performance em suas diversas possibilidades, bem como gerar intercâmbio entre os performers e artistas de Mato Grosso do Sul e outras localidades, acontece em Campo Grande, de 12 a 15 de novembro o IPêrformático. O encontro será realizado em diversos espaços, democratizando, assim, as possibilidades de acesso ao público.

Com oficinas, rodas de conversa, mostra de videoperformances, registro de performances, intervenções urbanas e festa performática como encerramento, o encontro traz para Campo grande os artistas Tiago Salis, performer, professor de filosofia, produtor, compositor musical, abawo Omoloko Lunda Kioko, integrante do grupo Desvio Coletivo, de São Paulo; e Stélio Barbosa, de Dourados, bailarino, performer, pesquisador sobre gênero. Mais conhecida pelos trabalhos vinculados às artes visuais e às artes cênicas, o termo “performance” – que tornou-se muito popular nos últimos tempos – se refere à subjetividade, a autorreferencialidade e a relação com as condições e inquietações humanas. O nome do encontro - IPêrformático - dialoga com nome da árvore “Ipê”, nativa brasileira e muito presente nas terras sul-mato-grossenses; com o prefixo “hiper” que significa em excesso; e com “IP”, o número de identificação do computador, do local de contato, conexão. Para essa primeira edição do encontro, tem-se como tema “No princípio era nada”. O encontro está sendo produzido de maneira independente, sem patrocínios, contando com apoio de parceiros. Por isso, os produtores cadastraram o projeto no site de financiamento coletivo Catarse (http://www.catarse.me/pt/iperformatico) e esperam agregar mais parcerias ao processo de produção.

Karla Machado com Ensaio Geral