20 de setembro de 2021
Campo Grande 38º 26º

Variedades

Adriana Araújo deixa a Record após criticar Bolsonaro e a emissora

A- A+
source
Adriana Araújo deixa a Record
Reprodução/Instagram
Adriana Araújo deixa a Record

A jornalista  Adriana Araújo deixa a Record após 15 anos na emissora. Na tarde desta sexta-feira (19), ela compartilhou no Stories um longo texto se despedindo do canal de TV e dos colegas de trabalho. Araújo deixa a empresa de comunicação após passar por um período conturbado com seus superiores em 2020.

Adriana Araújo criticou em suas redes sociais o governo de Jair Bolsonaro e também questionou a cobertura da pandemia da Covid-19 Record Segundo o site Notícias da TV, a jornalista passou  por um processo de fritura dentro da emissora e deixa a empresa com o fim de seu contrato.

"Fui repórter do começo ao fim desse ciclo, ao persistir na defesa da notícia, da verdade. E quero me lembrar daqui 20 ou 30 anos que, num dos momentos mais dramáticos da humanidade, me posicionei ao lado da ciência e da vida e lutei por preservar a dignidade profissional da qual não pode abrir mão. Vou sempre me lembrar de quem caminhou junto comigo nessa jornada. Felizmente todos eles sabem quem são", escreveu a jornalista em um trecho do texto.

No restante da despedida, Adriana Araújo falou sobre o tanto que cresceu profissionalmente ao longo desses anos na Record. Ela relembrou coberturas memoráveis e também agradeceu a diversos profissionais que trabalharam com ela durante esse período.

Fonte: IG GENTE