22 de junho de 2021
Campo Grande 28º 16º

Campo Grande será sede da Feira Internacional de Literatura

A- A+

Campo Grande será sede no próximo ano da Feira Internacional de Literatura que reunirá as mais diversas manifestações culturais em só um espaço: o complexo da Esplanada Ferroviária. O lançamento da Feira aconteceu na última segunda-feira, no auditório do Instituto Histórico e Geográfico/MS, na Casa da Esplanada, com a presença de representantes da classe cultural e autoridades. A idealizadora da Feira, a presidente da Associação Internacional dos Poetas, Deslanieve Daspet apresentou ao grupo presente a importância do evento para a arte e para a cidade de Campo Grande. Estarão reunidas no bojo da literatura as artes da dança, da música, do cinema, das artes plásticas, do folclore e do artesanato, entre outras. “Esse é um sonho que se transformou em projeto e que, agora, vai acontecer em Campo Grande. Vamos trazer a cultura do mundo para Campo Grande e mostrar a nossa ao mundo”, anunciou Deslanieve. A feira está programada para acontecer nos dias 26 a 28 de fevereiro e 1º de março. Nesse período Campo Grande irá receber manifestações artísticas de mais de 17 países da Europa, África, Ásia e das Américas. Como foco estará o tema a cultura da paz. “Sem apoio, teríamos dificuldade de concluir esse projeto e, por isso, quero agradecer ao prefeito Gilmar Olarte (PP) que esteve sensível aos nossos sonhos e vislumbrou a relevância da Feira, que é colocar Campo Grande e Mato Grosso do Sul no cenário mundial da cultura”, disse a presidente da Associação Internacional dos Poetas. A diretora-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Juliana Zorzo, destacou a grande expressão da Feira que vai receber artistas de várias partes do mundo. A diretora da Fundac, que representou o prefeito Gilmar Olarte na solenidade, salientou que Campo Grande vai se transformar em um palco cultural . “Será um momento de troca de experiências e de muitas atividades culturais, o que é bom para o artista e para a população”, ponderou reafirmando o apoio da Fundac à iniciativa. A Feira prevê a participação de cineastas, poetas, escritores, artistas plásticos, artesãos, músicos e muitas atrações culturais. “Teremos roda de bussines com a interação de negócios e cultura, gastronomia, jogos de animação e de educação, salas para leitura, palestras, debates, espaço livre para a manifestação dos artistas, inclusão social com livros em braile e muitas outras atividades culturais”, pontuou. Durante o evento, foi apresentada a logomarca da Feira e anunciado que em breve a Feira já terá o portal virtual que trará mais informações. O evento contou com a presença da escritora Maria da Gloria Sá Rosa, homenageada na ocasião, e do vereador Eduardo Romero.

Karla Machado com Ensaio Geral