12 de junho de 2021
Campo Grande 25º 14º

Em estréia da nova temporada, “SuperStar” retorna com diversos problemas

A- A+

Em um domingo concorrido de atrações para “telemaníacos” (Troféu Imprensa no SBT e estreia da nova temporada de “Game of Thrones” na HBO), a Globo deu início à segunda temporada de “SuperStar”. O talent show musical voltado para bandas novatas (ou nem tanto) voltou com novas regras, novos jurados e os problemas de sempre. Assim como na estreia do ano passado, o aplicativo deu pau e até o encerramento muita gente ainda não tinha conseguido votar.

Pior para as bandas que abriram a noite. A Starbella, por exemplo, teve apenas 36% dos votos, um número muito baixo para um programa conhecido pelo entusiasmo de seu público votante. Já o grupo de pagode Samba Livre, que se orgulhava de ter milhões de acessos no Youtube, não conseguiu chegar aos 70% (mínimo para a classificação) nem com os votos dos três jurados.

Depois parece que o bug foi parcialmente resolvido.  A partir da terceira banda todo mundo ultrapassou os 70%, com o trio feminino de forró Sinhá Flor alcançando os incríveis 84%. Pelas novas regras do programa, cinco grupos se classificam e um sexto vai para a repescagem – no caso, o gaúcho Wannabe Jalva.

Uma das surpresas da noite foi a veteraníssima banda Tianastácia entre os concorrentes. Com 23 anos de carreira, o grupo mineiro tem em seu currículo 9 discos e apresentações para plateias como a do Rock n’Rio de 2001. Sua presença desagradou parte do público que vê no “SuperStar” um espaço para iniciantes (embora isso não esteja escrito em lugar nenhum nas regras do programa).

Assim como a versão do ano passado, há um excesso de apresentadores – além da onipresente Fernanda Lima, o programa tem ainda André Marques e a estreante Rafa Brites, que substitui Fernanda Paes Leme. Houve também a estreia de três novos jurados: Paulo Ricardo, Sandy e Thiaguinho, que conseguiram a façanha de ser mais apagados do que seus antecessores. Poderíamos dizer que o “SuperStar”2015 promete, mas o fato é que ele deixou mais dúvidas do que certezas no ar.