15 de junho de 2021
Campo Grande 28º 15º

Campeonato

Equipes de escolas estaduais participam da final estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica

Jovens de MS participam da final estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica

A- A+

Nesta sexta-feira (25.8), 48 equipes dos ensinos fundamental e médio, de escolas públicas e particulares, participam da final estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), no pavilhão Albano Franco, na Capital, uma realização do professor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), com o apoio da Federação das Indústrias do Estado de Mato Grosso do Sul (Fiems), Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS), Serviço Social da Indústria (Sesi) e Secretaria de Estado de Educação (SED).

Durante dois dias, as equipes, que são compostas por quatro estudantes e um professor mentor, precisam construir um robô para realizar determinadas tarefas. Nesta etapa, a Rede Estadual de Ensino participa com estudantes do ensino fundamental das escolas estaduais Padre Anchieta, de Nova Andradina; Prof.ª Marly Russo Rodrigues, de Aquidauana; João Brembatti Calvoso, de Ponta Porã; João Dantas Filgueiras, de Três Lagoas; e Dom Aquino Corrêa e Vespasiano Martins, de Amambai.

Regionais

Em Mato Grosso do Sul, as regionais foram realizadas no dia 5 de agosto, em Aquidauana, Campo Grande, Ponta Porã, Corumbá e Três Lagoas. Desta etapa, 48 equipes de ensino fundamental (nível 1) e ensino médio (nível 2), de escolas públicas e particulares, foram classificadas e virão a Campo Grande para a etapa estadual.

Etapa nacional

A final nacional da OBR acontecerá de 8 a 10 de novembro, em Curitiba (PR), com a Competição Brasileira e Latino-Americana de Robótica (CBR/Larc), a Mostra Nacional de Robótica (MNR), simpósios e eventos para pesquisadores que ocorrerão na “Robótica 2017”.

A OBR é uma das olimpíadas científicas brasileiras apoiadas pelo CNPq/MCTI/MEC/Capes. É uma iniciativa pública, gratuita e sem fins lucrativos, gerida por professores e pesquisadores voluntários de renomadas instituições como UFSCAR, Unicamp, Unesp, FEI, Sesi, e apoiada por algumas das maiores sociedades científicas do País, como a Sociedade Brasileira de Computação (SBC), Sociedade Brasileira de Automática (SBA) e a RoboCup.