01 de maro de 2021
Campo Grande 33º 21º

Especialista em medicina preventiva explica como evitar estresse e prevenir doenças

Com 35 anos de carreira dedicados à Medicina Preventiva, Gilberto Ururahy é o fundador, ao lado de Galileu Assis, da Med Rio Check-up, líder brasileira em check-up médico para executivos. Em “Emoções e saúde - Um Novo Sobre Prevenção”, seu terceiro livro, ele se une ao psiquiatra francês Éric Albert, dirigente do Instituto Francês de Ações sobre o Estresse (IFAS), para mostrar que é possível gerenciar o estresse da vida cotidiana e transformá-lo numa força positiva e motivadora. Para isso, explicam os autores, o check-up médico periódico é fundamental. Exames regulares permitem avaliar o corpo como um todo, levando em conta o lado emocional, e sinalizam os impactos do estresse na saúde de cada um. Uma ferramenta preventiva crucial a partir da qual é possível conhecer os fatores de risco de modo a corrigi-los e evitar surpresas desagradáveis.


O MS Notícias entrevistou médico Gilberto Ururahy que além de explicar detalhes sobre livro também aborda temas importantes para manter saúde em dia. Confira entrevista completa:

MS Notícias: No livro, “Emoções e Saúde – um novo olhar sobre a prevenção”, quais são principais aspectos abordados quando assunto é prevenir doenças?

Dr. Gilberto Ururahy - "Se você não arranjar tempo para saber como está a sua saúde, fatalmente irá encontrar este tempo para tratar de uma doença. A expectativa de vida do homem moderno caminha a passos largos para o centenário, e a prática regular da prevenção torna-se uma ferramenta fundamental neste processo.

Cerca de 80% das consultas médicas realizadas no mundo tem relação com o estresse do cotidiano. O estresse crônico vivido pelo homem moderno é hoje o principal fator de risco para a sua saúde. Sob efeito constante deste fator de risco, o corpo passa a produzir em excesso dois hormônios: cortisol e adrenalina. Em grande quantidade, eles elevam a pressão arterial, enfraquecem as defesas do organismo, reduzem o desejo sexual e aumentam a produção de placas de gordura nas artérias e a retenção de líquido.

MS Notícias: Hoje, com correria do dia a dia, o que pode ser feito dentro da rotina de trabalho (8 horas maioria as pessoas) e depois rotina, em casa para se livrar do estresse?

Dr. Gilberto Ururahy - Algumas dicas podem ajudar:

1- Mexa-se: Caminhar 5 km de 40 a 50 minutos diariamente atenua os níveis de estresse a partir da produção de endorfina e gera sentimento de bem-estar;

2- Invista no seu círculo de amizades: Saia, bata um bom papo e verá que as dificuldades já não pesarão tanto no dia seguinte;

3- Dormir bem e se alimentar de forma equilibrada:Atos simples que mudam a qualidade de vida. Como o ditado já diz: não existe mente sã sem um corpo saudável;

4- Rir é um excelente antídoto contra o estresse:Sim, ria bastante. Rir oxigena o corpo, melhora o metabolismo e produz endorfinas.

Mas não é só o ritmo de vida moderno, no entanto, repleto de metas e cobrança por resultados, que gera estresse. O tédio também é fonte e alimenta este fator de risco para a saúde. A falta de motivação e a sensação de vazio induzem a um mal-estar generalizado, hoje reconhecido e tratado pela ciência. Para evitar o estresse ligado à monotonia, por exemplo, a Nasa desenvolveu programas de estimulação para deixar mais ativos os seus astronautas confinados em naves espaciais. O que para uns é sinônimo de felicidade, para outros pode ser encarado como um pesadelo. Hoje, os pesquisadores definem qualidade de vida como a adequação entre aquilo que uma pessoa aspira e o que efetivamente obtém.

MS Notícias: Em relação à alimentação. Que tipo de alimentos ajudam a combater estresse e prevenir doenças?

Dr. Gilberto Ururahy - Uma alimentação saudável e equilibrada sempre irá colaborar no combate às doenças. Lembre-se que alguns alimentos boicotam o bem-estar, como os doces com muito açúcar ou frituras e gordura. A sensação de prazer é imediata, mas depois provocam queda de açúcar no sangue.

Sob estresse, o corpo usa glicose em desalinho, consumindo as proteínas do músculo como fonte de energia. Com isso, o ideal é ingerir alimentos ricos em carboidratos complexos e uma dose extra de proteína magra, como queijo minas, amêndoas e carne, que contém vitamina B12; e ovo, leite, banana, aveia, batata, ricos em vitamina B6.

A laranja pode ser uma grande aliada, já que promove o melhor funcionamento do sistema nervoso. É relaxante muscular e ajuda a prevenir a fadiga. Sua importância recai na ingestão de vitamina C, que inibe a liberação de cortisol, principal hormônio relacionado ao estresse no corpo.

MS Notícias: Em relação aos aspectos emocionais, quais emoções são nocivas à saúde? Como evitar esses sentimentos? O que fazer na hora da raiva, por exemplo? 

Dr. Gilberto Ururahy - Em primeiro lugar, é necessário saber como o estresse impacta na saúde e aumenta os outros fatores de risco para cada um de nós. No livro, nós ressaltamos a importância dos cuidados preventivos como antídoto à vida moderna. Fica claro que ser fiel aos próprios sentimentos e cultivar emoções positivas é tão importante quanto uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos regulares.

A pele, por exemplo, é um espelho do nosso estado emocional. Ela possui a mesma origem embrionária do sistema nervoso central e é vulnerável aos impulsos disparados por pensamentos e medos. Doenças dermatológicas, às vezes, custam a ser curadas justamente porque não se elimina o estresse psicossocial que as acompanha. Não existe pele bonita sem uma cabeça saudável. Na hora da raiva, o ideal é tentar se lembrar que tudo na vida passa.

MS Notícias: Na sua opinião, de que forma a cultura consumida influencia na saúde física e mental? O que lemos, ouvimos, seja notícias, filmes, músicas, isso influencia na nossa saúde?

Dr. Gilberto Ururahy - Em tudo. Como se já não bastasse a situação política e financeira vivida em 2015, os brasileiros têm que enfrentar um novo desafio: como tudo isso afeta a sua saúde. As notícias negativas veiculadas diariamente já mostram reflexo nos índices de depressão, ansiedade e insônia dos executivos e chamam atenção para um inimigo conhecido no mundo moderno: o estresse.

O livro mostra com base em pesquisas e dados científicos como é possível conviver com esse vilão inevitável. Mesmo nos mais difíceis momentos.

O estresse crônico detectado em cerca de 70% dos pacientes da Med-Rio Check-up (clínica de medicina preventiva, que em novembro completa 25 anos) abre as portas do corpo para as mais diversas doenças, como úlceras gástricas, problemas de coração, depressão, ansiedade e, ao longo dos anos, diabetes, hipertensão arterial e câncer. Um levantamento realizado pela Med-Rio, com base em mais de 100 mil exames, mostra que a depressão aumentou mais de 30% no primeiro semestre de 2015 (passando de 8% para 11%) em comparação ao mesmo período do ano passado. Já a ansiedade foi detectada em 32% em contrapartida aos 20% de 2014.

MS Notícias: O convívio familiar interfere na saúde? Como fazer da convivência em família um catalizador positivo para nossa saúde?

Dr. Gilberto Ururahy - O apoio social é algo muito importante no gerenciamento da saúde e bem-estar. E a família e os amigos têm papel essencial nesse sentido. Falar com alguém de confiança sobre uma situação que nos deixa nervoso ou irritado é uma maneira de extravasar a emoção ou até mesmo encontrar uma saída para resolver um problema. As relações de confiança mútua são poderosas aliadas na luta contra todos os tipos de tensão, especialmente se conseguimos manter encontros regulares com as pessoas queridas.

Os sistemas de apoio afetivo são significativos até mesmo no nível fisiológico, pois ajudam a produzir serotonina, o neurotransmissor que auxilia no combate à depressão e cria um sentimento geral de bem-estar.

MS Notícias: Pensando a longo prazo, qual conselho o senhor pode dar aos pais para que eles cuidem da saúde dos filhos desde primeira infância?

Dr. Gilberto Ururahy - Quatro hábitos simples adotados em conjunto respondem por uma redução de 80% no risco de desenvolvimento das doenças crônicas mais comuns. Então, podem estar no radar desde os primeiros anos de vida. São eles: dormir um sono de qualidade, fazer exercícios regularmente e seguir uma dieta saudável. E não se esqueça de investir no círculo de amizades.

Se você gostou da entrevista e das dicas do Dr. Ururahy, você pode encontrar livro “Emoções e saúde - Um Novo Sobre Prevenção” nas principais livrarias e também pelo site da editora Rocco (clique aqui). 

Ficha Técnica:

Título: Emoções e saúde: um novo olhar sobre a prevenção

Autores: Gilberto Ururahy e Éric Albert

ISBN: 978-85-68696-19-4

Código: 9788568696194

Formato: 16x23 cm

Páginas: 224

Preço: R$ 39,50