21 de setembro de 2021
Campo Grande 39º 24º

Variedades

Filha de Deise, do Fat Family, Talita Cipriano presta homenagem a mãe

A- A+
source
Talita e Deise Cipriano
Reprodução/Instagram
Talita e Deise Cipriano

"Oh, baby, dance, dance, dance; vem mexendo assim, não pare, pare, pare..." Pouco mais de dois anos do falecimento de sua mãe, Deise Cipriano, vocalista do Fat Family, Talita Cipriano, uma das cem juradas da nova edição do reality musical "Canta Comigo", da RecordTV, disse que está em estúdio preparando um projeto para homenageá-la. Antes, porém, deixou escapar que tinha até pensado em desistir da carreira.

"Estou muito feliz em realizar esse sonho! Que homenagem linda estou fazendo para ela... Muitas vezes, pensei em parar com isso, mas Deus colocou um dom em minhas mãos através dela, então vou prosseguir. Aguardem! Do meu coração para o de vocês", declarou a estrela teen, que foi alçada à fama após brilhar no palco da terceira temporada do talent show "The Voice Kids", da Globo, em 2018.

O projeto, que leva a assinatura do produtor Cleverson Silva, da RCS Music Entertainment, contará com a participação especial dos tios Celinho, Simone, Suzetti e Kátia, que seguem firmes e fortes à frente da banda. Entre os comentários da publicação no Instagram, há o de Pe Lanza, que chegou ao estrelato na adolescência com Restart. "Te amo, e você é fod*", escreveu ele. Já Naldo Benny desejou: "Voa, brilha".

Eita atrás de eita!

Diego e Hernani
Reprodução/Instagram
Diego e Hernani

Diogo e Hernani resolveram fazer um documentário retratando os sete anos de carreira como dupla sertaneja, e quem saiu ganhando foram os fãs dos artistas mineiros. Tudo porque a iniciativa acabou rendendo vinte e seis vídeos que serão postados diariamente no Instagram. Entre os conteúdos, há relatos de fatos engraçados, alegrias, tristezas, histórias de família, lembranças da infância e até dificuldades que enfrentaram juntos.

Como se isso não bastasse, eles ainda programaram o lançamento do single "Estrelas no Quintal", que foi composto por Junior Avellar e produzido por Augusto Nogueira, para quando essa série de registros chegar ao fim. "Essa música promete mexer com o sentimento das pessoas, é a canção mais bonita que já gravamos", disseram os cantores durante rápido bate-papo com a Coluna Marcelo Bandeira, hospedada no iG Gente.

Como não admirar?

Nat Guareschi
Reprodução/Instagram
Nat Guareschi

Nat Guareschi, que também está no júri do programa "Canta Comigo", da RecordTV, divulgou em todas as plataformas digitais a versão acústica e remix de "Gin". Lançado há um ano, o single é um dos grandes sucessos da carreira da artista. Só para se ter ideia do poder: no Spotify, alcançou mais de 1.1 milhão de streams, 12 mil saves, entrou em 4.700 playlists e segue em constante crescente. Já no YouTube, ultrapassou a marca de 1.5 milhão de visualizações. "Quando 'Gin' bateu esses números, decidimos que tínhamos que comemorar de alguma forma", explicou, ressaltando como surgiu o conceito de seu novo EP.

Múltiplos talentos

Manoela e Rafaela, as Delmondes
Reprodução/Instagram
Manoela e Rafaela, as Delmondes

Aos 16 anos, Manoela e Rafaela, as Delmondes, lançaram na última sexta-feira (12), em todas as plataformas digitais, o single "Eu Vou é Pro Bailão", na melhor mistura do pop com o funk, acompanhado de videoclipe. Antes disso, porém, gravaram feat com o forrozeiro Nattan e também com Menor Nico e Petter Ferraz, cantores que estouraram no ano passado com "Amor ou o Litrão".

Mas não é só! As gêmeas, que se consideram "cariocas de coração" e estão completando um ano de estrada, ainda disseram que se apaixonaram muito cedo pela música, tendo o apoio e a aprovação da família. Já na hora de revelar em quais artistas se inspiram, destacaram: "Anitta, Beyoncé e Cardi B". Ah, e a outra paixão delas é o esporte, principalmente o jiu-jítsu, o wakesurf, o wakeboard e o futevôlei.

Nota literária

Jonathan Crociatti
Reprodução/Instagram
Jonathan Crociatti

Responsável pela biografia "Michael Jackson 50 Anos do Ícone do Pop", da Editora Planeta, que acabou tendo lugar de destaque na lista dos livros mais vendidos das revistas "Época" e "Veja" em 2009, o escritor Jonathan Crociatti, agora, a pedido da espiritualidade, passa a se dedicar também a obras sobre esse universo. As publicações, inclusive, já se encontram disponíveis em formato digital nas plataformas Amazon e Google Play Store e, na versão impressa, no site Clube de Autores.

Além da trilogia "Dama da Noite", ele escreveu a coleção "Ewé Àṣẹ Ewé", cujo objetivo é explicar que há alternativas ao sacrifício de animais que não ferem os ritos das religiões afro. Durante o bate-papo, disse ter conhecido essa nova forma de cultuar mediante um documentário do sacerdote Agenor Miranda Rocha: "Foi identificação instantânea". Ah, e para completar, confidenciou não temer retaliações das demais doutrinas: "Meu temor é somente a Deus. Não tenho medo de divulgar o que preserva a vida e a natureza".

Fonte: IG GENTE