13 de junho de 2021
Campo Grande 25º 11º

Governo pretende homenagear poeta nomeando de Manoel de Barros obra emblemática

A- A+

No dia do sepultamento do poeta Manoel de Barros, falecido ontem, em Campo Grande, o governador André Puccinelli (PMDB) declarou que pretende realizar mais homenagens àquele que se tornou um ícone da literatura brasileira e levou o nome de Mato Grosso do Sul para o mundo. De acordo com o governador, a administração pretende nomear alguma obra emblemática com o nome de Manoel de Barros.

“Decretamos três dias de luto oficial em homenagem a este ícone da poesia sul-mato-grossense, de renome internacional. E estamos procurando, com a Assembleia Legislativa, mais formas de homenageá-lo, denominando alguma obra emblemática do Estado e que represente a figura simples, correta, de alma grande e de espírito sul-mato-grossense que foi Manoel de Barros”, destacou o governador.

Luto Oficial

O governo do Estado publicou hoje, no Diário Oficial, o decreto “E” Nº 64, de 13 de novembro de 2014, assinado pelo governador André Puccinelli, que declara luto oficial, por três dias, pelo falecimento do Poeta Manoel Wenceslau Leite de Barros.

 Karla Machado com Notícias MS