24 de janeiro de 2021
Campo Grande 29º 22º

Jorge e Mateus encantaram o público em apresentação na Capital

A quinta-feira levou à Expogrande milhares de pessoas para assistir o show da dupla mais romântica do Brasil, Jorge e Mateus. Embalados por novos sucessos e pelas clássicas como Beija-Flor, Flor, Amo noite e dia, nem a chuva que caiu fez com que o público desistisse de ver a dupla e cantar emocionadamente as músicas. Pessoas de diversos lugares do interior do Estado e até de fora do Mato Grosso do Sul vieram a Campo Grande. Coxim, São Gabriel do Oeste e fãs de São Paulo prestigiaram Jorge e Mateus com muita emoção. O empurra-empurra que acontecia durante a apresentação era com um único objetivo, chegar o mais perto do palco possível.A bancária Valeria Cachorroski, 22, começou a acompanhar a dupla em sua época de faculdade, por volta do ano de 2010, e desde então, sempre que possível comparece aos shows e canta emocionada a melodia dos cantores. ´´Esse é o único sertanejo que não fala mal das mulheres. É um sertanejo romântico´´. Valéria veio de São Gabriel do Oeste e gostaria que a dupla se apresentasse na festa do Porco no Rolete, típica no município. O ´´mar de gente´´ que foi possível presenciar¸ não era de se estranhar. A simpatia dos cantores cativa o público. A voz grave de Jorge, amenizada com a de Mateus, misturada ainda as lindas composições, encantam até aqueles que vão ao show pela primeira vez. As brincadeiras realizadas pela dupla com o público são cativantes.  ´´Você quer me dar esse presente? Só tem uma maneira de eu pegar ele. Ou você joga ele aqui no palco ou me entrega pessoalmente´´, disse Jorge a uma fã que estava colada na grade que separa o palco do público. A funcionária pública, Diuliane Brandão, 31, também acompanha os shows no Estado e fora daqui. Já viajou para São Paulo e Minas Gerais para acompanhar e assistir a dupla. ´´Esse é o melhor show da Expogrande. Sempre que posso eu compareço aos shows. Já viajei para fora do Estado para assistir o Jorge e Mateus´´. Há dois anos a dupla não comparecia a exposição realizada na Capital, e acredita-se, após o sucesso da apresentação e o público que o show movimentou, que o retorno aconteça todos os anos, ao menos é o que acredita a estudante Jenifer Lohane da Silva Duarte. Tayna Biazus