22 de maio de 2022
São Paulo 23º 11º

DOENÇA | FAMOSA

Kelly Key tem pior notícia do mundo, confirma câncer cruel e começa rastreamento desesperador

A cantora Kelly Key, aos 38 anos, foi diagnosticada com câncer de pele e agora examina outras 150 manchas no corpo

A- A+

Kelly Key, uma das musas da música brasileira nos anos 2000, aos 38 anos, durante uma consulta com sua dermatologista, Dra. Bárbara Faria-Corrêa, foi diagnosticada com um carcinoma basocelular no final de 2019.

O carcinoma basocelular é o tipo de câncer de pele, trata-se de um tumor constituído de células comuns da pele. Essas células se multiplicam de forma desordenada, dando origem ao problema.

“No final de 2019 descobri um câncer de pele e fiz a retirada dele. Isso foi quando eu estava em Portugal. O resultado da biópsia atestou que era um carcinoma basocelular e pediram para tirar um pouco mais. Junto com esse um pouco mais, tirei outras pintas que [os médicos] suspeitavam”, conta a artista.
 

Kelly Key recordou o que sentiu ao saber que estava com câncer de pele: “Para mim foi um baque, fiquei em choque”, contou a cantora a uma entrevista para a revista Quem.

Ainda para a Quem, a artista contou o que mais a assustou no momento que recebeu o diagnóstico.
 

A gente se assusta, tem medo [quando recebe o diagnóstico de câncer]. Minha sogra e minha mãe já tinham tirado pintas e todas tinham ido para biópsia e nunca deram nada. Então achei que era mais uma questão corriqueira mesmo (…) Todo material que é tirado vai para biópsia, mas não necessariamente pensei que receberia esse diagnóstico. Quando recebi, fiquei muito assustada e meus médicos foram fundamentais”.

Sobre a prevenção, Kelly Key afirma que continua fazendo consultas periódicas com sua dermatologista. “Minha médica tem uma máquina que faz um scanner da pele. Atualmente ficamos rastreando as mais de 150 pintas que tenho no corpo todo, do couro cabeludo até o dedinho do pé. Seis dessas 150 pintas são estranhas e devem ser investigadas [acompanhadas com frequência maior]. Faço um rastreamento dessas pintas específicas de seis em seis meses.