18 de abril de 2021
Campo Grande 30º 19º

Música

O Santo campo-grandense que ousou, faz a abertura para Nação Zumbi


Som e estilo unidos a um só propósito, levar melhor qualidade e alegria musical para os fãs, resultado de muitos anos de luta, uma banda que cresce com a rapidez de ervas do campo, só que suas raízes são tão fundas quanto as imensas seringueiras da floresta amazônica. 

A banda que nasce por volta de 2012 pela a união de jovens artistas que se identificam com suas referências musicais, traz um diferencial em suas composições e releituras, ousando nos arranjos e não limitando a vontade de se fazer um belo show. 

"O Santo Chico surge através de um personagem, que intercede pelos músicos em meio ao show, para que o encaixe dos novos arranjos seja "abençoado", tendo assim no palco o 'quinto integrante', explica a banda.

É claro que o artistas fazem uso dessa metáfora para deixar único os seus shows, quando na verdade o nome da banda advém da relação a um bairro de Campo-Grande local onde  a banda surgiu, o São Francisco. 

O nome da banda nada seria sem seus incríveis integrantes, Begèt De Lucena, atual vocalista, Rafael Taveira, contrabaixista, Luciano Armstrong, que faz o show na guitarra e Guilherme Gonçalves, detonando na bateria. 

Inspirações 

A brasilidade do repertório musical da banda são devido a suas referencias como: Adoniran Barbosa, Martinho da Vila, Waly Salomão, o incrível Chico Buarque, Criolo, Otto e até Reginaldo Rossi.

 Em arranjos únicos criados por Santo Chico, as belas canções dos grandes nomes citados acima chegam aos ouvidos de milhares de fãs com uma harmonia às bases do Rock clássico e contemporâneo. "O estranhamento vem, só que logo passa, se estranhar só curta que o Santo Chico vai te pegar", explica o integrante da banda Begèt. 

Carreira 

Umas das bandas mais respeitadas da Capital traz na bagagem vários shows em eventos importantíssimos na cidade, tal como o Som da Concha, que aconteceu no dia 10 de julho, na Concha Acústica Helena Meireles. A banda realizará também a abertura do o 17º Festival de Inverno de Bonito, realizando a abertura do show da banda nacional Nação Zumbi, no dia 29 de Julho. 

Uma das bandas mais influentes e respeitadas da música brasileira. Sendo uma das principais representantes de um dos movimentos mais interessantes da música pernambucana que ocorreu no início de 1990, o manguebeat, a banda, dona de hits como "Maracatu Atômico", "Corpo de Lama" dentre outros sucessos, dá continuidade à tradição sincrética da música brasileira, mostrando que ritmos tradicionais como maracatu podem sim soar universais, modernos e pesados, essa é Nação Zumbi.

Promessa

"O Santo Chico promete um show eletrizante, com músicas autorais e incluindo também no repertório releituras de grandes clássicos da música nacional e internacional", declara a banda em sua fan page no facebook. 

Ousar é a melhor forma de dizer à que veio, e é visto de imediato que ousadia e talento aos incríveis artistas não falta, então logo será visto novos campo-grandenses que estarão tocando ao lado de suas referências musicais, com o grito dos fãs de casa, "Vai Chico".