21 de junho de 2021
Campo Grande 28º 13º

Projeto Dancidades acontece em Campo Grande

A- A+

O projeto Dancidades será realizado pela Ginga Cia. De Dança e a FUNARTE (Fundação Nacional das Artes), por meio do Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2013, em Campo Grande.

Dividido em três módulos, os cursos na área de Dramaturgia/Modos de Criação em Dança, de Gestão e Sustentabilidade de Iniciativas na Área e de Metodologia de ensino, darão aos artistas locais, uma oportunidade de uma capacitação gratuita.

Os cursos serão realizados entre os dias 24 e 25 de janeiro e 31 de janeiro e 1º de fevereiro de 2015. Cada capacitação terá carga horaria de 20 horas e o numero de vagas é limitado a 50, sendo 10 destinadas a estudantes e profissionais ligados à Ginga, 20 aos artistas de Campo Grande e os outros 20 a interessados do interior do Estado.

Vale lembrar que para os artistas do interior do estado que tenham interesse, o projeto irá oferecer uma ajuda de custo para participarem das atividades. Toda a programação é gratuita.

O objetivo é que as reflexões proporcionem descobertas de novas perspectivas para a atuação dos profissionais, que muitas vezes encontram um fator de dificuldade na distância geográfica de Mato Grosso do Sul dos centros de efervescência artística na área da dança.

No primeiro encontro, serão discutidas questões essenciais sobre Dramaturgia/modos de criação em dança, com Thereza Rocha e Gestão e sustentabilidade de iniciativas na área com Andrea Bardawil. No segundo encontro, haverá o curso de Metodologia de ensino da dança com a professora Emyle Daltro. As três ministrantes são de Fortaleza/CE.

As atividades do projeto acontecerão no MoviMente Espaço de Danças, que é sede da Ginga, da Cia Dançurbana, do Conectivo Corpomancia e outras iniciativas formadoras da rede MoviMente de Cultura. É um lugar destinado à formação, capacitação, aperfeiçoamento, encontros, estudos e cursos ligados à área da dança.

Os interessados devem baixar e preencher a ficha de inscrição que está no blog da Cia (http://gingaciadedanca.blogspot.com.br), enviar para o e-mail gingaciadedanca@gmail.com e aguardar ser selecionado. As inscrições podem ser feitas até o dia 19 de janeiro de 2015.

PROGRAMAÇÃO Dias 24 e 25 de janeiro de 2015 Módulo I Vem junto comigo, no caminho eu explico: dramaturgias e modos de criação em dança O curso propõe um pensar-fazer acerca de modos de criação em dança contemporânea privilegiando a dramaturgia, através da abordagem de questões candentes, da análise de obras e da proposição de exercícios. Thereza Rocha é pesquisadora de dança, dramaturgista e colaboradora de processos de criação. Doutora em Artes Cênicas pela UNIRIO - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (2012); Mestre em Comunicação e Cultura pela ECO/UFRJ (2001). Professora dos cursos de Bacharelado e de Licenciatura em Dança do Instituto de Cultura e Arte da UFC - Universidade Federal do Ceará. Coordenadora do grupo de pesquisa QUINTAL: dança, pensamento, outras dramaturgias e regimes de dizibilidade. Dramaturgista da quase-instalação Máquina de Dançar, que estreou no Rio de Janeiro em novembro de 2014. Atualmente desenvolve o projeto de publicação O que é dança contemporânea? voltado para o público jovem, agraciado com o RUMOS Itaú Cultural e o Prêmio FUNARTE de Dança Klauss Vianna. Foi professora substituta do setor de Dança e Filosofia do Departamento de Arte Corporal da UFRJ e do setor de Dança do Instituto de Artes da UERJ. Foi Diretora da Divisão de Dança do Instituto Municipal de Arte e Cultura - RIOARTE da Prefeitura do Rio. Autora do livro Diálogo/Dança (São Paulo: SENAC, 2012), junto com Márcia Tiburi. Módulo II Gestão & sustentabilidade: inventando condições de possibilidade para a Dança A escassez e descontinuidade de investimentos na área da Dança acabam por inviabilizar muito das boas ações que são pensadas para fomentar a área, como acontece na arte em geral, no Brasil. O curso é um convite para constituirmos, juntos, um espaço de partilha e troca de saberes, a partir da experiência e integração de várias funções, como programadores, curadores, produtores e os próprios artistas, visando à possibilidade de criar e sustentar iniciativas em dança. Mais do que "adequar-se" a um mercado existente, como agir na invenção de vários "mercados"? Como inventar possíveis, em tempos áridos? Andrea Bardawil é coreógrafa e diretora da Companhia da Arte Andanças em Fortaleza/CE desde 1991, onde realiza projetos de pesquisa e colaboração artística. Foi uma das fundadoras da ONG ALPENDRE – Casa de Arte, Pesquisa e Produção, onde desenvolveu pesquisas na área de vídeo-dança. Foi uma das selecionadas pelo Rumos Itaú Cultural Dança – 2009/2010, ao lado de Graça Martins, com o projeto Graça. Atuou como curadora e coordenadora pedagógica eventos pelo Brasil, como a Bienal Internacional de Dança do Ceará e a Bienal Internacional de Santos/SP, e foi coordenadora do Curso Técnico em Dança, realizado numa parceria entre SENAC, SECULT e Instituto de Arte e Cultura do Ceará – IACC, no período de 2007 a 2012. Foi conselheira/curadora do Festival Nacional de Dança de Joinville, no período de 2011 a 2013. Atualmente, dá continuidade a suas pesquisas e projetos na área da dança, e é uma das coordenadoras do Espaço do Bem Viver, em Fortaleza. Dia 31 de janeiro e 1º de fevereiro de 2015 Módulo III Metodologia de ensino da dança A proposta é discutir ensino e aprendizagem em/com dança, levando em consideração principalmente a experiência da ministrante com os estágios obrigatórios do curso de Licenciatura em Dança da Universidade Federal do Ceará. Estarão em discussão e em experimentação diversas possibilidades de constituição de corpos/espaços para danças que se propõem a colocar problemas em padrões cristalizados, naturalizados e consequentemente a favorecer mudanças, transformação e criação. Emyle Daltro é doutora em Arte contemporânea pela Universidade de Brasília - UnB investiga modos de conexão entre diferentes materialidades/socialidades e as possibilidades de movimento, composição e aprendizagem em dança que surgem com essas relações, acompanhadas em proposições artísticas e educacionais. É mestra em Estudos de Cultura Contemporânea pela Universidade Federal de Mato Grosso - UFMT; Possui especialização em Planejamento e Gestão Cultural; Graduação em Comunicação Social e formação em Dança (Advanced e Teaching Certificate da Royal Academy of Dance). Foi co-fundadora e bailarina do Grupo Casa - Artes do Corpo (2009-2010) e tutora dos cursos de Especialização em Artes Visuais e Gestão Cultural, ambos do SENAC do Distrito Federal (2012-2013). É membro dos Grupos de Pesquisa: Laboratório Tecnologias, Ciências e Criação (Lab. TeCC/UFMT); Artes Híbridas (UFMT); e do Imagens e(m) Cena (UnB). Atualmente é professora efetiva dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Dança da Universidade Federal do Ceará - UFC.

Dany Nascimento