26 de novembro de 2020
Campo Grande 34º 23º

TEMPO

Chuva provoca queda nas temperaturas e mínima bate 9°C em MS

Confira a previsão do tempo para este dia 8 de julho

 O tempo começa a mudar a partir desta 4ª-feira (8.julho) em grande parte de Mato Grosso do Sul, confirmando o que apontou a climatologia nos dias anteriores. A chuvinha provoca queda de temperatura na Capital de MS, onde os termômetros indicam mínima de 12°C e máxima de 21°C nesta 4ª-feira. A previsão é do Portal do Tempo, um Negócio IBM.  

Dourados terá mínima de 9°C e máxima de 17°C, deve chover hoje à tarde no município.  

Corumbá terá mínima de 13°C e máxima 18°C. A cidade alivia-se com a queda de temperatura, já que nos últimos dias registra alta nas temperaturas devido a queimadas na região Pantaneira.  

Coxim terá temperatura amena, com clima de 18°C a 28°C. 

O Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima (Cemtec) disponibiliza o mapa do clima hoje: 


Devido a chuva, os valores de umidade relativa do ar poderão variar entre 50% a 85%. 

TENDÊNCIA PARA A PRÓXIMA QUINZENA

As mudanças no clima estão associadas a atuação do ciclone extratropical no sul do Brasil. “A alta pressão pós-frontal se estabelecerá de forma continental pelo centro da Argentina e nos dias 09 e 10 provocará temperaturas baixas no MS”, explica boletim do Cemtec. 

Conforme o prognóstico, de hoje até o dia 15 de julho o tempo ficará firme sem expectativa de chuva. Uma nova onda de frio deverá atuar até sexta-feira (10) no Estado e as temperaturas começam a se elevar a partir de sábado (11). A umidade relativa do ar deverá ficar em estado de atenção, com índices abaixo dos 30% especialmente no período da tarde. Nestas condições recomenda-se ingerir muito líquido, redobrar atenção com idosos e crianças, procurar umidificar ambientes e evitar aglomerações. 

Para o período de 15 a 23 de julho as temperaturas deverão se elevar e novamente não há expectativa de chuva para o Estado. O tempo continua seco com a umidade do ar em estado de atenção. Uma nova frente fria é esperada para o dia 22 de julho no MS, conforme o Cemtec que reforça a necessidade de atualizações futuras para confirmação da tendência.