16 de agosto de 2022
Campo Grande 33º 23º

AGORA | INTERNACIONAL

Polícia acha mais de 40 corpos dentro de carreta nos EUA

Haviam pessoas vivas em meio aos corpos

A- A+

Uma carreta encontrada perto da Base Aérea de Lackland, em San Antonio (no Texas- EUA), continha os corpos de 46 pessoas mortas, junto com outras 16 vivas que foram levadas para hospitais, disseram autoridades locais de San Antonio na noite de segunda-feira (27.jun.22).  De acordo com os bombeiros, 4 dos sobreviventes são crianças.

“Isso é nada menos que uma terrível tragédia humana”, disse o prefeito de San Antonio, Ron Nirenberg, em entrevista coletiva.  

As autoridades federais disseram que há três pessoas suspeitas sob custódia, mas não ficou claro se elas estão relacionadas ao incidente.

A carreta foi descoberta no cruzamento da Cassin Drive e Quintana Road, no sudoeste da cidade texana.  

Autoridades federais, estaduais e locais suspeitam que as pessoas sejam migrantes. O contrabando transfronteiriço e o tráfico de pessoas são problemas de longa data na EUA-México, mas as mortes de 46 pessoas representam uma perda sem precedentes já vistos.

As autoridades receberam a primeira ligação sobre o caminhão pouco antes das 18h de um trabalhador da área que ouviu um pedido de ajuda e foi investigar, disse o chefe de polícia de San Antonio, William McManus.

O chefe dos bombeiros da cidade, Charles Hood, disse estar “muito esperançoso” de que as 16 pessoas transportadas para o hospital sobrevivam. Eles estavam todos sofrendo de doenças relacionadas ao calor.

Acredita-se que todos os que estavam na carreta entraram nos EUA de forma ilegal.

O ministro de Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, afirmou que o cônsul mexicano está indo para o local e que a nacionalidade das vítimas é desconhecida.

O Departamento de Segurança Interna dos EUA assumiu a investigação.

Não se sabe ainda como as pessoas morreram. Há uma onda de calor nessa região do Texas nesta segunda-feira, foi registrada temperatura de 39,4ºC. Não havia água no espaço onde as pessoas estavam amontoadas.