27 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 23º

CORUMBÁ

Comerciante é encontrada morta com lesões no pescoço e amordaçada

Vítima era dona de restaurante no interior de MS. Polícia já identificou o suspeito

A comerciante Liane Aparecida Arruda, de 51 anos, foi encontrada morta no domingo (12.julho), em um quarto de sua casa, com mordaça e lesões no pescoço, em Corumbá, no interior de Mato Grosso do Sul. A polícia já identificou o suspeito do crime por meio de análise de câmeras de segurança. A identidade do suspeito ainda não foi revelada. A vítima foi encontrada no local, após seus funcionários,  irem ao seu restaurante para trabalhar no domingo e não a encontrar, estranharam, alertando as autoridades. Os investigadores registraram o caso como latrocínio (roubo seguido de morte). 

Imagens de câmeras de segurança que já foram analisadas pela investigação, revelam que na noite do crime, sábado (11.julho), o suspeito, encapuzado, esperava pela vítima, pois ela tinha o costume de levar funcionários do restaurante de sua propriedade, em casa. No momento em que ela recolhia o veículo na garagem, ele entrou e ficou por cerca de trinta minutos. 

De acordo com informações do boletim de ocorrência, funcionários de Liane Aparecida de Arruda, de 51 anos, chegaram para trabalhar e não a encontraram no restaurante. Eles estranharam a situação e ela foi então encontrada morta em um quarto da casa, que fica nos fundos do restaurante. 

O carro da comerciante foi encontrado abandonado e dentro dele havia dinheiro e o computador onde estavam armazenadas as imagens das câmeras de segurança. O suspeito já foi identificado, porém, até a publicação desta reportagem não havia sido preso.