26 de fevereiro de 2021
Campo Grande 34º 22º

'PÃO E CIRCO'

Imperador agropecuarista quer que festa role para banhar-se em sangue

Agropecuarista tem a pachorra de não entender sobre medida de proteção. Impacta no combate sim ficar em casa, não ir para a rua, não fazer a palhaçada duma festa pública com recurso dos "romanos" todos para manter esse pão e circo. Para com essa atitude de acariciar com a esquerda enquanto deixa que a morte pela doença espanque seus conterrâneos com a direita. 

Faltam duas semanas e se não parar agora, fim do mês a conta não vai parar de subir. Acaba fevereiro sobra o duro ônus da irresponsabilidade dos governantes que divertem-se no coliseu com o sangue jorrado de seu povo. 

Às três pancadas você pode querer que esse furdunço e balbúrdia aconteça, que não é de duvidar que lamba o prato por fora. Mas saiba que está nas suas mãos o líquido vermelho viscoso que circula pelo corpo, impulsionado pelos movimentos do coração, e que tem como uma das funções principais conduzir oxigênio e substâncias nutritivas às células do organismo.

"O grito do pobre sobe até Deus, mas não chega aos ouvidos do homem".
- Hughes Lamennais