05 de dezembro de 2021
Campo Grande 33º 23º

FRONTEIRA | BR/PY

Candidato à vereador da oposição, Nestor é executado à tiros pelas costas

Advogado bebia em bar, após dia de campanha política, e foi surpreendido pelas costas por dois atiradores

A- A+

Advogado e candidato a vereador em Pedro Juan Cabellero, Nestor Echeverria não sobreviveu à uma segunda tentativa de assassinato e morreu na noite de ontem (30.set.2021), por volta de 22h30. Dois homens chegaram ao bar e atiraram várias vezes contra o político que bebia com outros três amigos. 

Na região, a Polícia Nacional investiga agora se o crime tem ligação disputa política na região de fronteira seca com o Brasil. Segundo a imprensa paraguaia, Nestor era conhecido por suas constantes denúncias contra a administração municipal de José Carlos Acevedo, candidato à reeleição.  

As eleições suplementares estão marcadas para domingo (03.out.2021) e o candidato comemorava com José Fleitas, com o advogado Ricardo Villalba, além do também candidato à vereador, Alcides Meireles, segundo o portal Última Hora. 

José Fleitas disse ao portal paraguaio ABC que, dois encapuzados chegaram a pé e pegaram o grupo de surpresa, por trás. Nestor e amigos passaram o dia em campanha política e foram ao local espairecer, onde dançavam e brincavam antes do crime acontecer. 

Ainda em fevereiro de 2020, Nestor havia sido vítima de um atentado, do qual conseguiu escapar com vida. Em outra emboscada, ele foi seguido por um atirador de bicicleta, até o assentamento 30 de Janeiro, onde o criminoso disparou e fugiu em seguida, de forma semelhante.