09 de agosto de 2022
Campo Grande 21º 17º

INTERIOR

Degolado na fronteira é identificado por foto; teria atirado em policial no MT, diz site

Polícia não confirma identificação. Resultado oficial sairá no final da tarde de hoje (4.março.21)

A- A+

Teria sido identificado como sendo Wathylla Pereira Soares, de 26 anos, o homem encontrado morto na tarde de ontem (3. março) em Ponta Porã, no interior de Mato Grosso do Sul, o município faz fronteira seca com o Paraguai.

Segundo o Campo Grande News, a identificação foi feita por familiares através de fotos, mas ainda não foi confirmada pela Polícia Civil. Se de fato tratar-se de Wathylla, segundo o site campo-grandense, a vítima tinha extensa ficha criminal, entre os crimes, assalto em que um policial militar foi baleado em Várzea Grande (Mato Grosso).

O corpo estava sob papiloscopia, após ser achado numa estrada de terra na região do Jardim Monte Alto, próximo à MS-164 e a poucos metros da fronteira. Ele tinha um corte profundo no pescoço. 

Ainda segundo o Campo Grande News, funcionários da funerária de Ponta Porã, receberam uma foto enviada por familiares residentes no Mato Grosso. A família enviou também a foto da certidão de nascimento emitida pelo cartório de Araguaína, no Tocantins, e informaram que estão em viagem para a fronteira.

A Polícia Civil informou que o reconhecimento ainda não é oficial. Após terminar a necropsia, o papiloscopista coleta as impressões digitais para fazer a pesquisa no banco de dados. O trabalho deve terminar apenas no período da tarde.

FONTE: *VEJA A REPORTAGEM DO CAMPO GRANDE NEWS.