06 de maio de 2021
Campo Grande 25º 16º

FEMINICÍDIO | SIDROLÂNDIA

Exclusivo: foragido, assassino de professora foi visto hoje (11. abril) em rodeio de Anaurilândia

Homem matou a ex-esposa a pauladas na frente do filho em Sidrolândia na noite de ontem (10. abril)

A- A+

Jadir Souza da Silva, de 51 anos, que está foragido desde ontem à noite (10. abril), depois de assassinar a professora Telma Ferreira Rabero, de 44 anos, em Sidrolândia, foi visto por volta das 12h de hoje (11. abril) comendo uma marmita na Arena de rodeio José Maurício Tomazine em Anaurilândia, a 365,9 quilômetros do local do crime. 

Um boiadeiro de 23 anos disse com exclusividade ao MS Notícias que viu o suspeito hoje. "Ele estava com uma mochila preta grande nas costas, sentado. Era um meio-dia, comendo uma marmita. Como nunca tinha visto ele prestei bem atenção", disse o jovem.  

O rapaz não sabia até então que o homem se tratava de um fugitivo, mas após ver o homem, no fim da tarde de hoje viu reportagem do MS NOTÍCIAS em que foi divulgada a imagem do suspeito. "Aí avisei a polícia, eles foram lá, mas ele já não estava", explicou. 

ENTENDA - Filho de 12 anos viu o pai matar professora Telma a pauladas

A reportagem telefonou à Polícia Militar de Anaurilândia, e falou com o Sargento Sartori. Ele confirmou a denúncia, dizendo que a PM está fazendo rondas nas regiões próximas de onde o suspeito foi visto. A ocorrência de busca ao rodeio foi atendida pelo Cabo de Polícia Militar de plantão, Gouveia.  

O site apurou também que Jadir acessou a rede social para excluir sua conta no Facebook, que vinha sendo amplamente divulgada.