05 de dezembro de 2021
Campo Grande 33º 23º

BARBÁRIE | FRONTEIRA

Vídeo: vereador em MS, Farid é executado no dia do aniversário de 3 anos da filha

Autoridades se manifestam sobre a execução do vereador, líder do prefeito na Câmara de Ponta Porã; vídeo mostra momentos antes do assassinato

A- A+

Paulista, natural de Santos, o vereador Farid Charbell Badaoui Afif, conhecido apenas como Farid Afif (DEM), de 37 anos, foi executado a tiros às 18h20min desta sexta-feira (8.out.21), enquanto pedalava pela Rua Paraguai, no Centro, em Ponta Porã (MS).

O crime ocorre na data em que a filha caçula de Farid faz aniversário.  “(sic) Bom dia, galera! Hoje, com muita mais alegria, pois é o aniversário da nossa caçulinha, (***)! FELIZ ANIVERSÁRIO, muitas FELICIDADES, SAÚDE, REALIZAÇÕES, PROSPERIDADE, FÉ, AMOR e BENÇÃOS do SENHOR! TE AMAMOS MUITOOOOOO, PARABÉNS", escreveu o vereador por volta das 7h desta sexta. 

Farid foi eleito em 2020 com 964 votos, exercia o segundo mandato na Casa de Leis da cidade fronteiriça e atualmente era líder do prefeito tucano Hélio Peluffo, na Câmara Municipal.  

Pelufo fez um post com uma frase curta nas redes em que lamentou a morte do vereador. "Que Deus console o coração dos amigos e familiares do vereador Farid Afif", escreveu.  

O Deputado Estadual, Neno Razuk escreveu: "Recebemos com imenso pesar a notícia da morte do nosso amigo e companheiro Farid Afif. Vereador em Ponta Porã, ele morreu na noite desta sexta-feira. Não há palavras para definir nossos sentimentos a família. Que Deus conforte e conceda fé para aqueles que assim como eu sofrem por sua partida. Lamentamos a perda do amigo e companheiro, político brilhante com futuro promissor ceifado pela violência da cidade que ele tanto defendia".  

A polícia confeccionou o boletim de ocorrência (2064/2021) na primeira Delegacia de Polícia Civil tratando o caso como homicídio simples. Até a publicação desta reportagem ninguém havia sido preso.  

Antes de ser executado, durante trajeto de pedal, o vereador fez paradas e filmou sua interação com simpatizantes e amigos, veja abaixo: 

(***) - Ocultamos o nome da criança.