01 de dezembro de 2020
Campo Grande 33º 24º

Assentamento

Acusado de homicídio em assentamento de Ponta Porã é preso pela polícia

Na terça feira (5/5) policiais civis foram noticiados de um homicídio ocorrido no Assentamento Itamarati, a 50 quilômetros de Ponta Porã. 

Equipe do SIG (Setor de Investigações Gerais) foi acionado para atender o local de crime e após a PM do distrito deter um indivíduo suspeito pela morte de Wanderlei Antunes de Lara, 25, e ter conduzido algumas testemunhas para o destacamento para serem ouvidas, e além de um possível suspeito.

A vítima foi morta por diversas perfurações de faca em sua cabeça. 

Durante os depoimentos as testemunhas entraram em diversas contradições, sendo que a equipe de policiais civis apontou que o verdadeiro autor do homicídio se tratava de uma das testemunhas conduzidas. 

O suspeito conduzido inicialmente pela PM foi apontado pelo verdadeiro autor, como sendo a pessoa que desferiu diversos golpes de faca em Wanderlei. 

Inicialmente ele foi ouvido e posteriormente liberado, mas após a constatação que seria o verdadeiro autor, este foi preso em flagrante.

O suspeito induziu várias testemunhas a dar falsa declaração com o intuito de apontar outra testemunha como sendo o autor do homicídio. 

Foi encontrada nos fundos da residência onde ocorreu o homicídio, a faca utilizada pelo autor na prática delituosa. O autor ainda confessou que seu nome verdadeiro era outro.

Autor, vítima e testemunhas passaram o dia anterior todos juntos consumindo bebidas alcóolicas no local da morte de Wanderlei.