27 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 23º

CONCURSO

Concurso premiará fotos de animais publicadas nas redes sociais

Prêmio "É o Bicho" recebe fotos até o dia 30, publicadas em Instagram e Facebook

O Projeto Bichos do Pantanal, criado pelo Instituto Sustentar e patrocinado pela Petrobras, por meio do programa Petrobras Socioambiental, lançou o concurso É o Bicho, que recebe fotos de animais silvestres até o dia 30 de maio, publicadas no Facebook ou no Instagram por pessoas de todas as idades e de todo o país.

"[Com o objetivo de] aliviar um pouco o estresse do isolamento das pessoas na quarentena, a gente está criando algumas atividades virtuais”, destacou a diretora executiva do Instituto Sustentar, Jussara Utsch. Uma delas é a campanha É o Bicho.

Jussara informou que o prêmio visa promover a reconexão das pessoas com a natureza. O projeto foi trazido dos Estados Unidos pelo ecólogo Douglas Trent, diretor de pesquisas e mentor do Projeto Bichos do Pantanal. Na avaliação de Trent, dificilmente se encontra um brasileiro que saiba de forma correta quantas espécies de aves ou árvores, por exemplo, existem na região onde ele mora. “Nós brasileiros estamos no país com a maior biodiversidade do planeta, mas não temos essa conexão com a vida silvestre”, disse a diretora executiva do Instituto Sustentar. “Os gringos vêm para o Brasil para praticar observação de aves, birdwatching, entre outras espécies, e eles valorizam a conexão com a natureza e a vida silvestre, enquanto o brasileiro ainda só está começando”.

Jussara Utsch salientou que só poderão ser fotografados animais silvestres em liberdade na natureza. Não serão aceitas fotos de animais domésticos, nem de animais em cativeiro em zoológicos e reservas comerciais de caça, entre outras condições estabelecidas pela premiação. Mais informações podem ser obtidas aqui.

Os dois primeiros colocados, que enviarem o maior volume de fotos, receberão um kit do Projeto Bichos do Pantanal, com chapéu safari, boné, camiseta, garrafas, sacola ecológica com caneta, lápis e bloco, cartilha e livro do projeto. Eles serão conhecidos em junho próximo. 

Jussara ressaltou que o vencedor mais bem colocado poderá ainda acompanhar o pesquisador do projeto em uma expedição de barco pelo Rio Paraguai. “É legal porque, além de vivenciar toda a beleza do Pantanal, a pessoa vai ter um aprendizado bacana. Se for criança, tem que ir acompanhada de um responsável”. A expedição parte de Cáceres, Mato Grosso, e não inclui custos de transporte, hospedagem ou alimentação. A diretora executiva do Instituto Sustentar esclareceu que, em virtude da pandemia do novo coronavírus, a expedição só será realizada quando as atividades de campo do projeto, que estão paralisadas agora, voltarem a ser feitas.

Fonte: Agência Brasil.