30 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 24º

Coronavírus

Ministério da Saúde libera cloroquina para casos leves do coronavírus

O Ministério da Saúde divulgou um novo protocolo, nesta quarta-feira (20), que libera o uso da cloroquina e da hidroxicloroquina até para casos leves de covid-19 atendidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Até então, o protocolo previa a medicação para casos graves, conforme informações do G1. No entanto, foram mantidas as obrigações de autorização do médico e do paciente para o uso do tratamento.

O termo de consentimento, que deve ser assinado pelo paciente, ressalta que "não existe garantia de resultados positivos" e que "não há estudos demonstrando benefícios clínicos".

Segundo o G1, o documento afirma ainda que o paciente deve saber que a cloroquina pode causar efeitos colaterais que podem levar à "disfunção grave de órgãos, ao prolongamento da internação, à incapacidade temporária ou permanente, e até ao óbito".

A medida é defendida pelo presidente Jair Bolsonaro e uma das razões dos desentendimentos entre o mandatário e os ex-ministros da Saúde, Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich.