23 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

Reconstrução de terminais

Prefeitura começará reconstrução de terminais de Campo Grande em seis meses

Mudança na lei garantiu recursos para obras

A Prefeitura de Campo Grande espera começar a reconstrução dos terminais de ônibus de Campo Grande em seis meses, de acordo com o prefeito Marquinhos Trad (PSD). Uma mudança na destinação da arrecadação de impostos da FlexPark vai garantir as reformas, informou o prefeito em agenda nesta sexta-feira (14).

As licitações devem ser abertas entre o fim deste ano e o início de 2019 e, no meio do ano, será possível começar as obras. “Já temos R$ 4 milhões em caixa desses recursos, que seriam utilizados para educação no trânsito, que é basicamente distribuir panfletos. Então nós tivemos essa ideia de fazer a alteração na lei para que pudéssemos usar o recurso para a reforma”.

Isenção do ISSQN

Nesta quinta-feira (13), os vereadores aprovaram a isenção do ISSQN (Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza) por 21 votos a favor e 5 contra. O vereador Vinícius Siqueira (DEM) reclamou da isenção que chega a R$ 12 milhões por ano, em repasse do Consórcio à Prefeitura.

“O vereador vive reclamando. Nunca ouvi ele falar qualquer coisa que não fosse reclamar. Ele pediu o impeachment do governador Reinaldo e depois estava pedindo votos para ele. Mas pensar em ajudar, em fazer essa mudança na lei que nós fizemos para consertar o terminal, isso ele podia ter feito e não fez”, disparou.