23 de novembro de 2020
Campo Grande 35º 20º

Serviços essenciais

Vereadores aprovam proposta e igrejas se tornam serviços essenciais na Capital

A proposta vai vigorar em período de pandemia

Vereadores de Campo Grande aprovaram, nesta quinta-feira (23), o projeto de lei que dá validade às atividades religiosas e estende como serviço essencial as igrejas da cidade.

O projeto de autoria dos vereadores Papy (SD) e Jeremias Flores (Avante) teve apenas dois votos contrários e terá validade enquanto durar a pandemia do novo coronavírus. 

A bancada evangélica ficou satisfeita com o resultado, e Jeremias afirmou que as instituições irão obedecer as regras de biossegurança como determinado em decreto municipal.