19 de junho de 2021
Campo Grande 27º 14º

ACIDENTE | INTERIOR

Resgatado em estado grave após acidente, delegado Mikail morre no hospital

Colisão entre veículo descaracterizado e caminhão boiadeiro ocorreu por volta das 16h30 da quinta-feira (6. maio)

A- A+

O delegado de Polícia Civil Mikail Alessandro Gouvea Faria, de 42 anos, morreu na Santa Casa de Campo Grande nesta quinta-feira (6. maio), horas após ele ser resgatado em estado grave de um acidente na BR-060, em que bateu o Volkswagen Gol que conduzia contra um caminhão boiadeiro. 

O motorista do caminhão não teve ferimentos e disse que tentou livrar o máximo que pôde, mas ainda assim, o delegado atingiu a lateral do caminhão e uma das rodas do cargueiro chegou a ser arrancada. Testemunhas que seguiam atrás do veículo de Mikail disseram que ele vinha 'ziguezagueando' na pista quando colidiu.  

Com o violento impacto, o Gol saiu da pista e capotou, na sequência o veículo começou a pegar fogo, mas o caminhoneiro rapidamente usou o extintor pessoal para conter o avanço das chamas.

A suspeita era que o delegado tivesse preso às ferragens, mas o corpo dele foi avistado há alguns metros dos estilhaços. O motorista do caminhão não soube precisar se o delegado saiu do carro antes de o veículo pegar fogo ou se ele foi arremessado.

Passando pelo local, uma ambulância de plano particular prestou socorro imediato à vítima até a Santa Casa. O delegado deu entrada às 18h57 e foi intubado em estado gravíssimo, porém, lamentavelmente Mikail não resistiu. A morte foi confirmada pelo hospital às 21h22.

O velório de Mikaill será realizado nesta sexta-feira (7. maio), com início previsto às 07h30 até 09h30, na Paz Nippon localizada na Rua 13 de Maio, Centro de Campo Garnde. 

Depois disso, segundo familiares, o corpo de Mikail será transladado até a cidade de Bauru (SP) onde ocorrerá o sepultamento.

A Polícia Civil irá investigar as causas e a dinâmica de como ocorreu a colisão que levou a morte do delegado.