18 de junho de 2021
Campo Grande 27º 15º

Pesquisadores criam sistema online de Mapas das regiões do Pantanal

A- A+

Está no ar o sistema WebGIS GeoHidro Pantanal, desenvolvido através de uma parceria entre a Embrapa Pantanal e o Centro Internacional de Hidroinformática, localizado na Fundação Parque Tecnológico Itaipu.

Corixo_So_Domingos___Pantanal_Sul___Miranda

A iniciativa, que surgiu na Embrapa Pantanal em 2013, levou à criação da ferramenta que funciona como um visualizador interativo de mapas e informações geográficas da região do Pantanal."É um modelo semelhante ao do Google Earth", diz Carlos Roberto Padovani, pesquisador da Embrapa Pantanal.

Segundo Padovani, o objetivo é popularizar os dados sobre recursos hídricos e uso das terras na Bacia do Alto Paraguai. "A ideia é poder levar a informação técnico-científica a todas as pessoas que têm interesse no Pantanal – não apenas aos especialistas e acadêmicos, mas também à população em geral, principalmente a quem é afetado pelas inundações", diz o pesquisador.

Ao entrar na página da ferramenta (sigpantanal.cpap.embrapa.br), o usuário encontra as informações alocadas em um sistema de camadas – que são como várias "folhas" sobrepostas de mapas , em que é possível selecionar a exibição daquelas pelas quais o usuário se interessa. Essas camadas são divididas em quatro temas principais: camadas de referência (com dados como localização de fazendas, estradas principais e municípios), camadas de vegetação e uso da terra, camadas de precipitação e, por último, de inundação. "O usuário consegue ver informações sobre chuva cruzadas com as de inundação, por exemplo", diz Fagner de Oliveira, um dos desenvolvedores do sistema.

Parte desses dados está disponível na página do Facebook da GeoHidro Pantanal, onde os usuários podem entrar em contato com os profissionais que disponibilizam e atualizam os mapas de recursos hídricos para tirar dúvidas ou realizar discussões. Para Fagner, o sistema WebGIS GeoHidro Pantanal é uma forma de compartilhar um conhecimento que, muitas vezes, fica restrito entre diferentes especialistas. "A comunidade científica precisa ter conhecimento compartilhado. Senão, tudo o que precisa ser estudado teria que ser construído do zero", afirma o desenvolvedor.

Para usar o sistema, basta acessar o link: sigpantanal.cpap.embrapa.br

Para ver a página da GeoHidro Pantanal no Facebook, acesse:

https://www.facebook.com/pages/Geohidro-Pantanal/593932390647332?fref=ts

Heloísa Lazarini com Embrapa Pantanal