26 de setembro de 2020
Campo Grande 37º 24º

ECONOMIA

Dólar chega a R$ 5 pela primeira vez na história do mundo

O real, no rool de moedas mais desvalorizadas do planeta

Não qualquer alta, 6,52%, a maior da história. Assim amanheceu a cotação do dólar americano nessa quinta-feira (12, março, 2020), para ficar registrado na história da humanidade, e como uma das ondas econômicas mais impressionantes, ranqueada pelas medidas adotadas pelo presidente americano Donald Trump, contra o Covid-19, coronavírus.  

Trump anunciou na quarta-feira (11), a proibição de viagens da Europa para os Estados Unidos, por 30 dias, após a declaração de pandemia mundial da Organização Mundial de Saúde (OMS). 

O real, no rool de moedas mais desvalorizadas do planeta, sofre o impacto brutal do aumento do dólar, que em breve deve chegar à mesa do brasileiro e causar um efeito cascata.

O Banco Central, anunciou nesta quinta-feira, que serão vendidos US$ 2,5 bilhões das reservas, como forma de tentar conter a alta do dólar.

A Bolsa de Valores brasileira caiu pela segunda vez na semana. Ela havia iniciado a semana com queda de 12%, mas subiu 7% na terça-feira, o Ibovespa recuou 7,63%, a 85 mil pontos, acionando o circuit breaker, quando caiu 10,11% durante o pregão. Na véspera deste aumento, o dólar havia encerrado a quarta-feira a R$ 4,7215, alta de 1,65%.