30 de setembro de 2020
Campo Grande 40º 23º

Marçal Filho garante que PMDB não abrirá mão de Simone e Nelsinho como candidatos

Uma declaração do deputado estadual Junior Mochi (PMDB) à imprensa nesta última sexta-feira vem contrariando o que estava sendo defendido pelo PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) sobre a candidatura da vice-governadora Simone Tebet (PMDB) ao Senado e de Nelsinho Trad (PMDB) ao governo.

Marçal FilhoMochi (PMDB) teria dito que existe a possibilidade do partido abrir mão de Nelsinho Trad (PMDB) para uma possível aliança com o PT (Partido dos Trabalhadores). Mas, segundo o deputado federal Marçal Filho (PMDB), o partido decidiu em reunião com o governador André Puccinelli (PMDB) que não abriria mão de seus candidatos.

“Acho muito estranho o Mochi dar uma declaração como esta, já que foi decidido com o partido que nossos candidatos seriam Simone e Nelsinho. Estamos pensando na população que eu não sei se aceitaria uma aliança deste tipo, já que o PT sempre foi o principal adversário do PMDB. Isso geraria dificuldade, em nível nacional estamos juntos, mas fazer uma aliança em Mato Grosso do Sul eu acredito que não seria bem aceita”, explica o deputado.

Ao falar de uma possível aliança em que Nelsinho Trad (PMDB) continuaria como candidato ao governo de Estado e Delcídio do Amaral (PT) como vice, mesmo sabendo que tal afirmação partiu de seu correligionário deputado federal Fábio Trad, Marçal afirma que seria “brincar de política. "Delcídio é candidato a governador, temos que parar com isso. Nosso partido vai lançar Nelsinho e Simone, muitas coisas serão debatidas nos próximos dias, mas nossos candidatos já estão definidos”, garante o deputado.

Dany Nascimento