28 de fevereiro de 2024
Campo Grande 23ºC

Mato Grosso bate recorde no abate de bovinos: 615 mil cabeças

A- A+

Mato Grosso alcançou um marco histórico no abate de bovinos no mês de janeiro de 2024, com um total de 615,13 mil cabeças, de acordo com dados do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea), divulgados pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea).

Destaca-se que as fêmeas representaram 50,15% do total abatido, o que sugere uma situação preocupante em relação à redução do rebanho reprodutor.

O recorde de abate pode ser atribuído a diversos fatores como a sazonalidade janeiro é tradicionalmente um período de aumento no abate devido à entressafra e à necessidade de recursos financeiros por parte dos pecuaristas; a degradação das pastagens a qualidade das pastagens em Mato Grosso deteriorou-se em janeiro por conta da seca prolongada, levando os pecuaristas a anteciparem o abate dos animais para evitar perdas maiores.

Além disso, aumentou a demanda por carne bovina, com preços favoráveis aos produtores, incentivando o aumento no abate.

"Cabe ressaltar que acréscimos mensais acima de 18% no volume de animais abatidos, no comparativo de janeiro ante a dezembro, foram vistos apenas seis vezes nos últimos 22 anos", destaca o Imea, em boletim.

Fonte: Pensar Agro