17 de junho de 2024
Campo Grande 26ºC

Showtec

Showtec, uma Feira que não vende, mas movimenta agronegócio ano todo

Considerada a maior feira do segmento do Brasil, a Showtec realiza este ano sua 19ª edição em Maracaju

A- A+

Com mais de 120 expositores, que abrangem o segmento de máquinas e implementos agrícolas até a apresentação de cães pastores, a Showtec reúne o PIB sul-mato-grossense durante os três dias de exposição, palestras e rodada de negócios. Abrangendo os setores de Pecuária de Corte, Grãos, Químicos, Cana-de-açúcar, Máquinas agrícolas, Implementos agrícolas, Pecuária leiteira, Agricultura Familiar e Alimentação, com um público estimado de doze mil visitantes, entre pequenas, médios, grandes produtores, além de técnicos e trabalhadores técnicos ou não, a Feira ganha destaque por apresentar a nova realidade em termos tecnológicos e científicos de produção agrária.

Showtec 

É uma Feira anual destinada aos produtores, empreendedores rurais, técnicos agrícolas, acadêmicos, funcionários do setor, entre outros, onde são apresentados produtos e serviços ligados ao setor, lançamentos, inovações tecnológicas, sistemas de produção, palestras técnicas e resultados de pesquisas que contribuem para a sustentabilidade do agronegócio brasileiro.

O evento é realizado pela Fundação MS e tem como principais apoiadores o Sistema Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Sistema OCB/MS e Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul) e conta com a participação de outras entidades e instituições de pesquisa.

Este ano, a Showtec irá apresentar a seus visitantes mais 500 tecnologias desenvolvidas para modernizar o agronegócio, além de oferecer em sua programação workshops e palestras sobre sustentabilidade no campo, sistema integrado de culturas e novas técnicas no plantio de soja.

O mais importante evento do setor contou com a presença do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB) que esteve acompanhado de seu secretariado. Também estiveram presentes o prefeito de Maracaju, Maurílio Azambuja e Tereza Cristina, ex-secretária de Estado de Desenvolvimento Agrário, Produção, Indústria, Comércio e Turismo do Mato Grosso do Sul (Seprotur) de 2007 a 2014, atual deputada federal pelo PSB-MS e indicada para a Comissão de Agricultura da Câmara Federal, além de diversos prefeitos e presidentes de entidades ligadas ao setor.

Da Roça à Tecnologia

Quebrando paradigmas, a roça se impôs aos métodos e padrões intuídos sobre os métodos, formas e formação de produção rural, modernizando sistemas arcaicos e deixando na poeira do tempo o que se tem por imaginário a produção agrícola. O braço do homem sem conhecimentos foi substituído pela alta tecnologia e o “peão despreparado” foi substituído por funcionários de alta qualificação técnica e de esmerado preparo tecnológico.

Hoje, todo alimento que chega a nossa mesa e, mais, que é exportado e consumido pelo mundo, sofre de pequena perda de produção e ganhos crescentes em colheita por hectare e qualidade de produto.

Essa realidade é patente e incontestável na balança comercial do país que aponta o setor do agronegócio como grande sustentáculo de nossa economia. A Showtec, por sua vez, desponta como grande geradora de salário e renda, além de impulsionar e qualificar as novas tecnologias de produção.

Do ponto de vista regional, a feira gera emprego durante mais de dez meses, tempo necessário para a preparação do evento. As amostras de produção expostas, que utilizam as novidades em termos de sementes, insumos e métodos de plantio, são preparadas com, no mínimo seis meses de antecedência, tempo hábil para que sejam analisadas pelos produtores, e apresentadas em pequenos canteiros ao lado das tendas expositoras. Isso permite o aproveitamento da mão de obra da região e a apresentação de palestras e cursos das organizações voltadas para o setor. Outro ponto a destacar é o aproveitamento da mão de obra do município de Maracaju e região durante a Feira.

Benefícios ao Estado

Conforme ressaltou o governador Reinaldo Azambuja, a Feira atrai os olhos e investimentos de toda a cadeia produtiva para o Estado, pois funciona como grande vitrine de investimentos no setor.

As compras e vendas não são, necessariamente, fechadas durante o evento, mas atuam como importante mostruário para a abertura de negócios. Em tempos de crise econômica, os expositores de máquinas agrícolas aguardam um crescimento de até 20% nos negócios. Esta equação inversa se explica pelo ganho de produtividade mensurado pelas novas tecnologias de plantio, manutenção e colheita, que permitem um custo/benefício favorável com a utilização de tecnologia e maquinário pensado e desenvolvido especificamente para cada tipo e época de colheita.

A Showtec atrai empresários de todo país e é a grande amostra do potencial do agronegócio do país e Mato Grosso do Sul.