24 de junho de 2021
Campo Grande 31º 19º

JBS/Seara investe R$ 29 milhões e aumenta 11,76% da produção em Sidrolândia

A- A+

No final de fevereiro, a JBS/Seara, em Sidrolãndia -  distante 70 quilômetros de Campo Grande, deve ter o novo túnel de refrigeração em funcionamento, garantindo 11,76% na capacidade de abate, passando de 170  mil para 190 mil frangos abatidos por dia. Serão investidos R$ 20 milhões na compra dos equipamentos e R$ 9 milhões em obras na instalação do complexo.

A estrutura vai permitir ampliar de 22 para 30 toneladas a capacidade de refrigeração da unidade, que produz hoje 500 toneladas de congelados por dia. A nova estrutura de congelamento será modernizada, com uso de esteiras mecânicas para o transporte do frango, desde a linha de produção, passando pelo túnel de congelamento (onde o processo dura uma hora) até a câmera frigorífica de onde será embarcado nos caminhões que levarão carga aos portos de exportação, conforme o Região News.

A logística hoje mobiliza 30 funcionários, que com a automação não terão mais o emprego. O corte de pessoal será compensado para quando houver a ampliação do volume de abate que deve garantir mais 300 empregos diretos. Hoje a JBS/Seara de Sidrolândia gera 1.900 empregos diretos, sendo 1.700 no frigorífico e 200 na fábrica de ração e na granja.

Além disso está planejada a construção de cerca de 40 aviários, exigindo investimento por parte dos produtores integrados. Atualmente, há cerca de 450 aviários distribuídos entre 150 produtores no município e até em Campo Grande.

Conforme levantamento do Ministério do Desenvolvimento, ano passado a unidade sidrolandense exportou 41.571.212 quilos de frango, que renderam US$ 94.538,212, crescimento de 18,15% sobre as vendas de 2013. O Japão é o principal destino das exportações (38,24%).

Tayná Biazus