28 de novembro de 2021
Campo Grande 32º 21º

Taxa de desemprego no Brasil sobe para 9% no trimestre encerrado em outubro de 2015

A- A+

A taxa de desemprego no Brasil subiu para 9% no trimestre encerrado em outubro de 2015 segundo dados divulgados nesta sexta-feira (15) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Ainda de acordo com dados que constam na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), a taxa do trimestre encerrado em outubro de 2015 é 2,4% superior ao mesmo de período de 2014, quando taxa de desemprego fechou em 6,6%. Já em relação ao trimestre anterior de 2015, que corresponde aos meses de maio-junho-julho, o aumento de desemprego foi de 0,4%.

Outro dado apontado pela Pnad é redução do número de trabalhadores com carteira assinada. De acordo com pesquisa, houve queda de 1% no número de carteiras assinadas, o que corresponde a 359 mil trabalhadores. Entretanto, segundo pesquisa, esse número não significa que brasileiro está se tornando empreendedor e sim que necessidade de renda tem forçado trabalhador a aceitar postos de trabalho sem registro em carteira.

Queda na renda 

Ainda de acordo com pesquisa, o rendimento real habitual do brasileiro no trimestre encerrado em outubro de 2015 registrou queda de 1% em relação ao mesmo período de 2014. O rendimento real habitual registrado em outubro de 2015 foi de R$ 1.895. No mesmo período de 2014, o valor era de R$ 1.914.