25 de maio de 2024
Campo Grande 13ºC

CULTURA | MS

2º Prêmio ao Teatro campo-grandense abre inscrições com cachê de R$ 4 mil

Ator global Ataíde Arcoverde estará no júri

A- A+

O organizador do 2º Prêmio Campo Grande ao Teatro, Espedito Di Montebranco, anunciou nesta 5ª.feira (16.mar.23), a abertura das inscrições para a concorrência que pagará um cachê de R$ 4 mil aos melhores espetáculos nas categorias “adulto”, “infantil” e “espetáculos de Rua”. Também haverá troféus. Essa matéria original saiu no TeatrineTV

Foram revelados ainda, os 4 nomes que serão homenageados e júri do Prêmio. São eles: Roberto Figueiredo, Beth Terras, Roma Romã e Ataíde Arcoverde — esse último é conhecido por diveros trabalhos na TV Globo. “Além de mostrar a produção em Campo Grande, o prêmio também foi criado para possibilitar o reconhecimento a esses artistas. A cada ano faremos o reconhecimento de três pessoas e em vida, com o objetivo de valorizar, unir e agregar a classe artística e formação de  plateia”, introduziu Espedito. Conheça os homenageados aqui.

O concurso cultural é dividido em duas fases. São elas:

  • 1ª – Inscrição gratuita exclusivamente por e-mail — de 07 de março a 1º de abril de 2023;
  • 2ª – Disputa em apresentações presenciais no Teatro da UFMS e na rua — de 24 a 26 de abril de 2023.

De acordo com o anúncio, nesta edição as inscrições serão exclusivamente pelo e-mail: aacproducao@gmail.com, canal por onde serão selecionados até 09 espetáculos infantis ou adultos para palco italiano e três trabalhos no formato teatro de rua, que seguirão para a fase presencial.

Idealizado por Espedito, por meio da Associação Artística Cultural Palco de Artes Cênicas, o Prêmio visa promover o desenvolvimento das artes cênicas e o dar reconhecimento aos profissionais campo-grandenses.

Além da premiação em dinheiro, também serão entregues troféus nas seguintes categorias: “melhor ator”, “atriz”, “texto original”, “cenografia”, “figurino”, “maquiagem”, “Melhor Iluminação”, “Melhor sonoplastia” e “direção”.

Os grupos, coletivos ou artistas solos que quiserem participar, já podem enviar o material, link do espetáculo e ficha de inscrição. Veja as regras aqui.

A lista dos trabalhos escolhidos pelo júri será divulgada no dia 03 de abril de 2023.

O 2º Prêmio Campo Grande ao Teatro foi contemplado no edital de 2021 do Programa Municipal de Fomento ao Teatro (FOMTEATRO), tendo recebido R$ 95.647,00 da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur) para a ação. O prêmio também tem apoio da Universidade Federal de MS.

A 1ª edição ocorreu em 2021 e restrita ao público em razão da pandemia de covid-19. Nessa edição, entretanto, o público será peça chave do concurso cultural.

Ao comentar ao TeatrineTV como escolheu os homenageados e corpo de jurados, Espedito destacou que os mesmos foram e são referências para ele desde seu início na arte. “Quando comecei a vida artística na década de 1980, não tínhamos onde buscar referências. Em Campo Grande, tínhamos apenas uma biblioteca pública que ficava na praça Ari Coelho onde encontrei apenas dois textos teatrais que eram de Américo Calheiros e Cristina Matogrosso. Não tínhamos internet e as facilidades atuais e sendo assim, as referências teatrais eram as pessoas que já estavam atuando. Os homenageados desta edição: Beto Figueiredo dirige o Grupo Senta que o leão é manso já fazem 40 anos, foi da antiga FESMATA. Beth Terras atuou na extinta TV Tupí e é neta do Ator Domingos Terras (in memoriam) que atuou em quase todos os filmes de Amácio Mazzaropi. Beth Terras atuou na Novela Os Espantalhos ao lado de Nathalia Timberg na extinta TV Tupi onde trabalhou de 1976 a 1980. Roma Roman é diretora e ativista cultural e no geral eu sempre os vi nas lutas das quais também participei ao lado de tantos outros colegas”, explicou.

Para o idealizador do concurso, o reconhecimentos aos trabalhos e ao artista devem ser feitas em vida. “O que precisamos é homenagear em vida e não apenas dar um nome de edital depois de morto conforme foi feito com Edson da Silva (profeta), que é considerado ao lado de Paulo Preché e Amirtes Menezes, os pais do Fomteatro- Lei de fomento ao teatro da Capital. Eles deram o pontapé inicial e só depois é que entramos na luta para tornar real o edital. Vale lembrar que Cristina Matogrosso e Paulo Preché foram convidados para serem homenageados, mas por outros compromissos infelizmente ainda não puderam”, completou.

Veja mais detalhes sobre o concurso no texto completo no TeatrineTV.