29 de maio de 2024
Campo Grande 14ºC

AGRONEGÓCIO

Agricultura Sustentável: Como os Agricultores Estão Combatendo as Mudanças Climáticas

A- A+

A agricultura sustentável é o grande desafio e, também, o grande sonho dos agricultores dos tempos modernos. Afinal de contas, com o avanço do aquecimento global e as consequentes drásticas mudanças climáticas, quem vive neste meio já sofre fortemente o impacto.

Em seguida, é possível também analisar que os prejuízos para o agronegócio já são gigantes e a agricultura sustentável poderá ser até mesmo a única maneira de sobrevivência para os próximos anos.

Desta maneira, muitos agricultores e até mesmo os governos, já quebram a cabeça para resolver essa situação e minimizar os impactos do aquecimento global, conforme dados divulgados em site do MT.

PLANTIO DIRETO PODE SER UMA BOA SOLUÇÃO NA AGRICULTURA SUSTENTÁVEL

Atualmente, o que muitos agricultores, tanto os pequenos quanto os médios e grandes, vêm fazendo, é o trabalho de plantio direto ou o plantio mínimo. Neste caso, há o mínimo de invasão no solo e isso evita erosões.

Assim, de acordo com muitos especialistas, isso também ajuda a fazer o chamado ‘sequestro’ do carbono, o que acaba ajudando diretamente no impacto do ar, no meio ambiente, minimizando o aquecimento global e diminuindo a poluição.

No entanto, todas essas medidas ainda parecem ser pouco diante de um problema tão grave que a humanidade vem vivendo nos últimos anos. Por exemplo, a ONU (Organização das Nações Unidas), já emitiu muitos alertas, principalmente para os países mais ricos e poluidores, que o planeta caminha para uma destruição sem volta e que a vida para as próximas gerações tende a ficar cada vez mais difícil.

E tudo isso por conta da ação direta do homem que, em busca sempre do lucro e do progresso, vai se autodestruindo e colocando todo o bioma da Terra em xeque. E as próximas gerações é quem vão acabar tendo que pagar essa conta.

PREJUÍZOS MILIONÁRIOS

Acontece que, quando se cria esses problemas de aquecimento global, causados pelo próprio homem em busca do lucro, acaba criando um prejuízo para esse mesmo público. Então, por mais paradoxal que possa parecer, é isso que acontece.

Afinal de contas, as mudanças climáticas drásticas, estão causando grandes ondas de secas e estiagens em lugares onde a plantação e a agricultura eram sempre abundantes.

Em alguns lugares, inclusive no Brasil, essas secas têm causado prejuízos incalculáveis para agricultores e fazendeiros, e fazendo com que o governo gaste sempre uma grande quantia em dinheiro para tentar minimizar as perdas e socorrer esse grupo.

Por outro lado, em lugares onde existia muita estiagem, agora o que se vê é até mesmo um excesso de chuvas, o que chega a destruir plantações, causando também prejuízo.

No entanto, tudo isso vem acontecendo no mundo, e também no Brasil, por conta das práticas predatórias do meio ambiente. Isto é, o homem destrói sem controle e, depois, não quer que a natureza cobre o preço desta conta.

Desta maneira, todos os processos de agricultura sustentável são essenciais e muito procurados neste momento. Assim, países e pesquisadores quebram a cabeça para evitar que os problemas do aquecimento global piorem ainda mais a agricultura mundial.

Então, o recado já foi dado e o mundo está em alerta. E, como se não bastasse tudo isso, ainda tem a guerra na Ucrânia, que se arrasta há mais de um ano, e também impacta na produção agrícola global, já que os ucranianos são uma das referências mundiais no cultivo e exportação de grãos, alto tão essencial para garantir a subsistência do mundo inteiro.

Portanto, a agricultura sustentável é a única saída, de fato, para garantir que as pessoas vão conseguir ter uma vida melhor e menos sofrida nos próximos anos na humanidade.