24 de maio de 2024
Campo Grande 23ºC

OPERAÇÃO LESA PÁTRIA

Bolsonarista que presidiu a Aprosoja é alvo da PF em MS

Bortolotto teve a casa, o escritório e a empresa revirados pelos federais em Amambai

A- A+

Christiano da Silva Bortolotto, ex-presidente da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja), foi alvo da Polícia Federal nesta 3ª.feira (16.abr.24), durante a 26ª fase da Operação Lesa Pátria, que mira localizar e punir golpistas do 8 de janeiro. 

Como mostramos mais cedo aqui no MS Notícias, a PF foi às ruas em oito estados para cumprir 18 mandados de busca e apreensão contra golpistas.

Bortolotto teve a casa, o escritório e a empresa revirados pelos federais em Amambai (MS).

Antes de presidir a Aprosoja de 2015 a 2017, o bolsonarista esteve presidente do Sindicato Rural de Amambai por seis anos, entre 2006 e 2012. Além disso, Bortolotto é dono de uma escola particular e a empresa Armazéns CSB, com capacidade para 18 mil toneladas de grãos.

De acordo com a PF, o objetivo da investigação é identificar pessoas que financiaram, fomentaram e promoveram os fatos ocorridos em 8 de janeiro em Brasília.