20 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

SOLIDARIEDADE

Camapuanense instala aparelho após conseguir, em 7 dias, doação de R$ 26 mil para voltar a ouvir

A mãe de Anderson, a doméstica Creusa da Cruz Rodrigues, de 52 anos, fez um vídeo enviado pela irmã de Creuza à reportagem, veja

Leia também

• Vídeo: em 7 dias, Camapuanense pode perder a chance de voltar a ouvir, mãe pede ajuda

O camapuanese Anderson Rodrigues Kawalski, de 24 anos, esteve em São Paulo, e chegou a Campo Grande nesta 5ª-feira (17.dez.2020). Ele acabou de terminar a instalação de um aparelho de Implante Coclear que conseguiu pagar por meio de vaquinha virtual que o ajudou a levantar R$ 26 mil reais em doação num período de 7 dias.

A mãe de Anderson, a doméstica Creusa da Cruz Rodrigues, de 52 anos, fez um vídeo enviado pela irmã de Creuza à reportagem em que ela comemora o filho estar respondendo positivamente ao uso do aparelho.   

Veja abaixo: 

A história de Anderson foi contada em primeira mão aqui no MS Notícias. Quando Cida da Cruz, irmã de Creusa, procurou a reportagem e disse que a irmã estava correndo contra o tempo pedindo ajuda nas redes sociais para comprar um novo aparelho que auxiliasse o filho, que tem deficiência auditiva e utilizava aparelho que o permitia ouvir desde os 14 anos. “O aparelho vai desgastando, esse já não presta mais, não há peça. Por isso, se conseguir pegar essa promoção, vou ver meu filho poder ter a chance de seguir em frente com suas atividades”, explicou Creuza em reportagem publicada no portal em 23.11 de 2020.

Nesta 5ª-feira Creuza está em Campo Grande, depois seguirá viagem para Camapuã, cidade onde vive com o filho, ela agradeceu as pessoas que doaram. "É muito gratificante, ele já está ouvindo música. A luta que a gente teve, as pessoas que se prontificaram em ajudar, sou muito grata a todos. Ele gosta muito de música, quase chorou quando escutou música de novo. Passar o Natal com ele bem é o melhor presente, não sei como agradecer as pessoas que doaram", comentou Creuza.   

O aparelho de Implante Coclear custava R$ 33 mil reais, normalmente, em alusão ao Black November a empresa paulista AB Assistência Técnica fez um desconto, o aparelho sairia por R$ 26 mil reais até dia 30 de novembro. Antes de sair no MS Notícias, com a vaquinha aberta, Creuza havia conseguido arrecadar R$ 4.395,00. Em 7 dias ela conseguiu atingir o valor de R$ 26 mil e fechou a vaquinha.