08 de maro de 2021
Campo Grande 30º 20º

Empregabilidade no país cai 0,21% no mês de agosto, segundo ministério do Trabalho

O Ministério do Trabalho emprego divulgou ontem (25)  índices do Cadastro Geral de Empregos e Desempregados ( Caged) que apontam  queda no nível de admissão formal celetista no país.

Segundo dados, no mês de agosto houve uma diminuição de 86.543 postos de trabalho, correspondente a uma variação negativa de 0,21%, em comparação ao  mês anterior. Conforme o ministério, no acumulado do ano, foram desativados 572.792 postos de trabalho, o que equivale a -1,39%, enquanto nos últimos 12 meses, foram perdidos 985.669 postos, ou -2,37%.

Pelas verificações do Caged, a maior perda de postos de trabalho  ocorreu na indústria de transformação (-47.944 postos ou -0,60%). Dos 12 ramos de atividade que compõem o setor, 11 reduziram o nível de emprego. Porém, a  indústria de produtos alimentícios aumentou os números para o setor com criação de +7.649 postos de trabalho. Já a agricultura teve queda de 4.448 postos (-0,27%) em relação ao estoque, embora essa seja a menor queda desde 2005 para o setor, no mês de agosto.

Segundo o levantamento, o interior do país  apresenta comportamento  favorável no que diz respeito a empregabilidade em relação a regiões metropolitanas. No interior, houve queda de 34.519 vagas\, ou -0,23%, enquanto nas regiões metropolitanas, foi registrada perda de 45.313 empregos, o que equivale a uma variação negativa de 0,28%.