21 de abril de 2021
Campo Grande 32º 18º

#LUTO | VEREADORA PSOL

Globo produz documentário em alusão aos 1.000 dias sem Marielle e Anderson, veja

'As duas tragédias de Marielle Franco' acompanha a trajetória da vereadora e explora a investigação que, até hoje, não identificou uma mandante para o assassinato

A- A+

"As duas tragédias de Marielle Franco", produzido pela equipe de videojornalismo do GLOBO sob o selo da plataforma Celina, narra a trajetória de Marielle Franco até a Câmara Municipal do Rio de Janeiro, recorda seu assassinato em 14 de março de 2018, ao lado do motorista Anderson Gomes; e explora a investigação que, 1000 dias depois do crime, apresentou suspeitos, mas ninguém foi condenado e nenhum mandante foi identificado.

Hoje, 3ª-feira (8.nov.2020), completam os mil dias desde os assassinatos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes, novas pistas surgiram no intrincado quebra-cabeças em que se transformou o caso. Uma delas pode levar ao responsável pela clonagem do Cobalt usado na emboscada às vítimas, em março de 2018. (Veja aqui). 

Para assistir ao documentário, clique aqui: