28 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 22º

Governo lança editais de R$ 7 milhões para projetos tecnológicos inovadores e premiação jornalística

A- A+

O governador Reinaldo Azambuja  assegurou o lançamento do II Prêmio Fundect de Jornalismo Científico e I Prêmio Fundect de Fotografia Científica, com a distribuição de R$ 30 mil entre os vencedores,  nas cinco  categorias de premiação, sendo elas: estudante, internet, impresso, TV e rádio. Vão concorrer trabalhos publicados de janeiro a dezembro deste ano.

O concurso é aberto a profissionais e estudantes de Jornalismo, que têm até 4 de fevereiro para se inscrever. A parceria foi selada no auditório do Bloco C da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) , entre professores e acadêmicos, durante a abertura da Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências de Mato Grosso do Sul (Fetec MS).

Na mesma solenidade, o Governo do Estado, por meio da Sectei, Fundect, RTVE e Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), informou que vai investir mais de R$ 7 milhões em projetos e programas de valorização da pesquisa e desenvolvimento e projetos tecnológicos em Mato Grosso do Sul. Foram assinados seis editais, dois relacionados aos prêmios de Jornalismo e Fotografia.

“A comunidade acadêmica e científica é o ambiente mais propício para idealização de programas e projetos estratégicos ao desenvolvimento do Estado e a estratégia manda inovar, pesquisar e encontrar novas fontes de promover o avanço”, destacou o secretário de Cultura Athayde Nery.

De acordo com o diretor-presidente da Fundect, Marcelo Turine, o objetivo dos investimentos do Governo do Estado é dar suporte financeiro “para auxiliar e incentivar os pesquisadores mestres e doutores na organização e realização de eventos técnico-científicos visando fortalecer os grupos de pesquisa, a transferência de tecnologia e a inovação, além de debater temas estratégicos”.

Editais

Foram lançados editais para o Programa de Transferência de Tecnologia e Capacitação em Pecuária de Corte (Agroescola), Programa de Apoio à Realização de Eventos Técnico-científicos, Programa de Apoio à Publicação Técnico-científica e Programa de Desenvolvimento Científico e Tecnológico Regional.

A Agroescola, por exemplo, vai selecionar 30 candidatos para curso de formação e transferência de conhecimentos e tecnologias. De acordo com o edital, as inscrições vão até 15 de dezembro. O programa é voltado a estudantes que concluíram nos últimos três anos curso técnico profissionalizante em agropecuária em escolas públicas ou privadas.

O Programa de Apoio à Realização de Eventos Técnico-científicos prevê a destinação de R$ 500 mil para auxiliar e incentivar os pesquisadores na organização e realização de eventos técnico-científicos. Podem se inscrever, até primeiro de dezembro, doutores com vínculo empregatício em instituições de ensino superior e de pesquisa sediadas em Mato Grosso do Sul.

Já o Programa de Apoio à Publicação Técnico-científica, busca a popularização do conhecimento científico, por meio da publicação e divulgação dos resultados de pesquisas científicas e tecnológicas inéditas e de relevância estadual, por meio de livros, coletâneas, dossiês temáticos, manuais, mapas e catálogos. Para essa programa, voltado aos graduados com doutorado, as inscrições vão até 14 de março.

Programas de incentivo à ciência e tecnologia vão apoiar graduação e pós graduação em instituições universitárias

O Programa de Desenvolvimento Científico e Tecnológico Regional, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) concede bolsa de pesquisa e dá apoio financeiro a pesquisadores que venham a residir no Estado. As inscrições vão até 29 de julho de 2016.