18 de abril de 2021
Campo Grande 30º 19º

Saúde

Azambuja garante convênio com Hospital de Câncer

Governador de Mato Grosso do Sul Reinaldo Azambuja (PSDB) anunciou nesta quinta-feira (14) investimentos para conclusão das obras do prédio do Hospital de Câncer Alfredo Abrão em Campo Grande. Azambuja visitou o prédio acompanhado do secretário de Estado de Saúde, Nelson Tavares e do diretor-presidente do hospital, Carlos Alberto Coimbra. Na última segunda-feira (14) foram iniciadas obras do subsolo e térreo.

Segundo governador, a intenção  é garantir suporte ao Hospital de Câncer por meio de convênios que garantam recursos para a conclusão do novo prédio.”Acompanhamos o início dos trabalhos e vamos através de um novo convênio garantir recursos para que os outros andares sejam concluídos sem que as obras parem. Estamos nos colocando a disposição da diretoria do hospital de câncer, que nos passará as informações do que for necessário, para assim firmarmos um convênio que direcionará os recursos em parceria com emendas federais para a conclusão das obras”, afirmou o governador.

Conforme Azambuja, os novos convênios serão direcionados para a conclusão do primeiro e segundo andar do novo Hospital de Câncer. Nos andares serão construídos nove pavimentos que abrigarão o setor de UTI centro cirúrgico e enfermaria. Já no subsolo e térreo estarão localizadas as salas de atendimento ao público, consultórios, ala administrativa, salas de procedimentos e coletas.

O prédio atual do Hospital de Câncer Alfredo Abrão disponibiliza oito consultórios de Oncologia e 48 leitos para a assistência dos pacientes, além dos serviços de Quimioterapia e Radioterapia. Com a conclusão do novo prédio, serão 248 leitos e 16 consultórios distribuídos, além de outras instalações – uma nova Quimioteca e Brinquedoteca para crianças com câncer, refeitório e sala de estudos.

Férias

Na oportunidade, Reinaldo Azambuja (PSDB) fez a transmissão de cargo para empossar a vice-governadora Rose Modesto (PSDB) como chefe do executivo estadual pelos próximos 15 dias.

Azambuja entra em seu período de férias concedidas pela Assembleia Legislativa, retornando às atividades no próximo dia 30. “A Rose tem a grande responsabilidade de tocar todas as ações de Governo no Estado nesses próximos 15 dias, principalmente agora, nesse período de chuva, em que várias cidades estão necessitando do apoio do Governo”, disse o governador.