26 de fevereiro de 2021
Campo Grande 34º 22º

CORONAVÍRUS

MS tem 31 novas mortes nesta 6ª-feira e chega a 2.771 óbitos por Covid-19

A taxa de contágio continua subindo em MS, alertou a secretária-adjunta de Saúde, Crhistinne Maymone nesta 6ª-feira (22.jan.21)

Mato Grosso do Sul registrou 31 novos óbitos nas últimas 24h e chegou ao total de 2.771 óbitos provocados pelo Coronavírus. MS também registrou mais 889 novos infectados nesta 6ª-feira (22.jan.21) e chegou ao total de 155.010 infectados. Outras 139.710 pessoas estão recuperadas da doença no Estado.  Os dados foram apresentados nesta manhã pela Secretaria de Estado e Saúde (SES-MS).  

A secretária-adjunta de Saúde, Crhistinne Maymone, cobrou que as pessoas infectadas passem aos profissionais de Saúde informações sobre quem tiveram contatos nos últimos dias antes de ser confirmado com o vírus. "A gente foi aqui um dos estados do Brasil que teve o apoio da Organização Panamericana de Saúde (OPAS) para estratégia rastrear, que ajuda a quebrar a cadeia de contatos e a transmissão, diminuindo a doença, o que a gente tem observado, que um dificultador é que as pessoas não querem dar os contatos. Vamos aqui fazer esse apelo público em nome de todos os profissionais de Saúde dos 79 municípios, que isso é uma estratégia técnica, saber os contatos", explicou. 

Ainda segundo Crhistinne, se a pessoa for um confirmado com a doença é uma questão de saúde pública ela revelar com quem teve contato nas últimas 48h antes da confirmação da infecção. "Se você é um caso Covid, suspeito ou confirmado, vão te perguntar com quem você teve contato 48h antes, e é uma questão de Saúde Pública você contar com quem você teve as 48h antes...fica aqui um apelo a todos os trabalhadores de Saúde", reforçou.  

A técnica rastrear é uma estratégia adotada pelo governo de MS que visa quebrar a cadeia de transmissão.

  O Secretário de Saúde adiantou que provavelmente neste final de semana novas doses de vacina devem chegar ao estado. "Precisamos fazer com que a vacina chegue a quem precisa, e na ordem do Plano Nacional de Imunização. Uma boa notícia, foi aprovada pela pela Anvisa, as quatro milhões e oitocentos mil doses da vacina já fabricada pelo Butantan, da vacina Coronavac, em parceria com o laboratório Sinovac. E também, pelas informações que nos chegam, um avião da Emirates estará chegando ainda hoje e deverá trazer as 2 milhões de doses da vacina de Oxford com a AstraZeneca, aí nós vamos ter um quantitativo de seis milhões e oitocentas mil vacinas e o quantitativo que chegar em Mato Grosso do Sul nós haveremos de publicizar e colocar no Diário Oficial", disse o Secretário.