17 de abril de 2021
Campo Grande 31º 20º

FORÇA TAREFA

Procon fiscaliza e autua cinco agências bancárias de Paranaíba

Força tarefa realizada por equipe de fiscalização da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS, órgão da  Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho – Sedhast no município de Paranaíba – distante aproximadamente  410 quilômetros de Campo Grande – flagrou irregularidades em todas as  agências de instituições  de  crédito fiscalizadas  na cidade, o que vem  causando transtornos aos clientes/consumidores.

Foram visitadas unidades do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Bradesco, Santander e Sicredi sendo recorrentes os abusos cometidos tais como demora no tempo de espera para atendimento – em muitos casos  superior a uma hora - inexistência de atendimento prioritário,  ausência de  exemplar  do Código de Defesa do Consumidor, não emissão de senhas com registro de chegada e saída do cliente, na maioria  das agências, além de emissão de comprovantes em papel termossensível.

Um fator observado foi a inovação de  unidades de crédito,  como  é o caso do Sicredi, onde  apesar de  espera em longas filas e demora excessiva, o  consumidor só recebe senha no momento em que entra na agência, impossibilitando o cálculo do tempo que  demandou o atendimento. Fato idêntico ocorre com o Banco do Brasil, com uma diferença: as pessoas a guardam em longa fila no outro lado da rua sendo chamadas pelo segurança quando ocupam o primeiro lugar na fila. Independente de prioridade.

Em várias dessas ocorrências de desobediência a legislação que rege a relação de consumo, a maioria das agências visitadas é reincidente, já tendo sido autuadas em outras ocasiões em que  houve ação da fiscalização. Além das autuações, os fiscais promoveram orientações aos responsáveis pelas instituições, de maneira que possam melhorar a relação de consumo.